quinta-feira, 28 de setembro de 2006

Orlando De La Rosa

Orlando De La Rosa
Orlando De La Rosa, compositor e pianista, nasceu em Havana, Cuba, em 15 de abril de 1919 e faleceu em 15 de novembro de 1957. Iniciou seus estudos de piano aos nove anos de idade com sua mãe. Aprendeu lições de solfejo com um professor denominado "Pachencho". Foi neto materno do notável dançarino Raimundo Valenzuela.

Realizou estudos de bacharelato no Instituto de Havana. Acompanhou diversos cantores e participou da orquestra de Ernesto Lecuona em seus concertos com diversos pianistas. Fundou um reconhecido quarteto vocal (com várias trocas entre os integrantes em seus 15 anos de trajetória até 1955) que em 1948 fez turnês pelos EUA.

Trabalhou em muitos meios de comunicação, como rádio, TV, cabarés, gravação de vários discos, filmes (que musicou) assim como na tarefa de acompanhar cantores, no que sua saúde se ressentiu muito. Foi do grupo de pianistas-compositores que na década de 40 dotaram o cancioneiro cubano de grande quantidade de excelentes obras.

Seu primeiro bolero foi Ya sé que es mentira (1940) ao que se seguiram Vieja Luna, Cansancio, Tu llegada, No vale la pena, Mi corazón es para ti, Nuestras vidas, La canción de mis canciones, No vayas a pensar, Anoche hablé con la luna, La mazucamba (rumba desaforada), Te lo ruego, no me abandones, Esto es felicidad (com Bobby Collazo), e outras.


Fonte: SonCubano

Postar um comentário