quinta-feira, 15 de junho de 2006

Não rolou, mas vai rolar

Martinho da Vila
Tom: C

Introdução: C

       C
Ainda não rolou
Mais sei que ainda vai rolar
Você vai ver
Vou te pegar
C
Não rolou
Mas vai rolar
A7  Dm
Tudo que você quiser
A7                 G7
Vai rolar um cheiro
Vai rolar um beijo
Dm           G7      C
Muito amor e muito axé
G7
Não rolou
C
Não rolou
A7
Mas vai rolar
Dm         A7     Dm   A7
Tudo que você quiser
G7
Vai rolar um cheiro
Vai rolar um beijo
Dm           G7     C
Muito amor e muito axé
A7                Dm
Esse seu jeito me toca
G7
Me assanha, provoca
C
Um desejo incomum
Dm
Tomara não seja ruim
G7
Contra esta verdade
C
Que esta dentro de mim
C7
Te ter como cara metade
F
E toda vontade do meu coração
F#o                C
E assim é correr pra galera
A7        Dm      G7       C
Sorrindo e cantando a nossa união
G7           
Não rolou
C            
Não rolou           
A7    
Mas vai rolar       
Dm       A7      Dm  A7
Tudo que você quiser
G7    
Vai rolar um cheiro 

Vai rolar um beijo  
Dm           G7     C
Muito amor e muito axé
A7                  Dm
O bem que haverá de rolar
G7
Em meu mundo carente
C
De nova ilusão
A           Dm
Fará uma reviravolta
G7               C
No meu dia-a-dia, no meu Caminhar
C7
Há muito que eu ando tentando
Sonhando viver uma grande paixão
F
Paixão
F#o                     C
E você  tem o dengo que eu quero
A7       Dm      G7        C
Pecado sincero pro meu coração

Na aba

Na aba (1984) - Nei Silva, Paulo Correia e Trambique - Interpretação: Martinho da Vila
    C                      A7       Dm
Na aba do meu chapéu você não pode ficar
                    G7
Meu chapéu tem aba curta
                           C           G7         C
Você vai cair e vai se machucar, como vai se machucar
              A7                 Dm
Eu compro cerveja, você pede um copo e bebe logo
G7                            C    G7        C
Eu compro cigarro, você pede um, como você pede um
                 A7                  Dm
Mando vir um salgado, o senhor come tudo
                   G7
Parece que nunca comeu
                            C       G7       C
Pede tudo que vê, tu és um 171, um tremendo 171
           A7         Dm          G7
Eu não nasci pra coronel, coronel
                       C
Saia da aba do meu chapéu
                A7                Dm
Você passa por mim e pergunta zombando
                     G7
Passa zombando e me diz:
                                  C   G7
- Uns e outros maneiro como é que é? Como é que é?
  C              A7                Dm
Para o seu bem estar fique logo sacando
Olha seu coisa ruim,
G7                              C    G7        C
É que lá no macaco não tem Zé Mane, não mora mane
                A7       Dm
Na tendinha do Zé do Caroço
                               G7
Será que o senhor não se lembra?
                                   C
Paguei a despesa e ficaste com o troco
     G7              C
Até hoje não me devolveu
                  A7             Dm           G7
Olhe bem que a massa está te sacando, como está
                               C
De repentemente o bicho tá pegando
G7     C
Como o bicho tá pegando
              A7        Dm
É que sou do bairro de Noel
                   G7
Seu nome é vila Isabel
                          C  G7
Vai saindo da aba do meu chapéu