domingo, 23 de julho de 2006

E se....

Chico Buarque
Intro: (A7+ G6/A)


A7+     G6/A        A7+ G6/A
E se o oceano incendiar
A7+        G6/A     F#4/7 F#7
E se cair neve no sertão
D7+               Dm7
E se o urubu cocorocar
A7+                   F#4/7 F#7
E se o botafogo for campeão
Bm7                       D/E E7
E se o meu dinheiro não faltar
G/A                    F#4/7 F#7
E se o delegado for gentil
D7+                  Dm7
E se tiver bife no jantar
A7+                      F#4/7 F#7
E se o carnaval cair em abril
Bm7                 D/E  E7
E se o telefone funcionar
G/A                     F#4/7 F#7
E se o pantanal virar pirão
D7+                       Dm7
E se o Pão-de-Açúcar desmanchar
A7+                  F#4/7 F#7
E se tiver sopa pro peão
Bm7                D/E  E7
E se o oceano incendiar
G/A                     F#4/7 F#7
E se o Arapiraca for campeão
D7+                      Dm7
E se a meia-noite o sol raiar
A7+                      F#4/7 F#7
E se o meu país for um jardim
Bm7                       D/E E7
E se eu convidá-la para dançar
G/A                    F#4/7 F#7
E se ela ficar assim, assim
D7+                        Dm7
E se eu lhe entregar meu coração
A7+                    F#4/7 F#7
E meu coração for um quindim
Bm7                     D/E   E7 A7+ G/A
E se o meu amor gostar então de mim

Dura na queda

Chico Buarque
[Intro:] Bm7M Bm7 Bb7(b5) D7/A G7M F#7(b13)
  G7M E7/G# D6/A Bbº Bm7(11) Bb7(b5)(13)
  Bm7/A E7(9)/G# Am7 D7(9) G7M F#7(b13)
  G7M E7/G# D6/A Bbº Bm7(11) Bb7(b5)(13) Bm7/A

E7(9)/G# Am7/G D7(9)/F# G7M   Gm7   C7(9)/G F#m/A
Perdida    na  avenida  canta seu enredo
       Am6/C B7 Bb7(b5) A7(13) A7(b13) Am7
Fora do car....naval
        D7(13) D7(b13) G7(9)
Perdeu a saia,
           C7(13) Gm7
Perdeu o emprego
       C7(9) A7/C# C#º A#º Bm7M
Desfila natural
   Bm7    Am7    D7   G7M Gm7       C7(9)/G F#m/A
Esquinas, mil buzinas, imagina orquestras
         Am6/C  B7 Bb7(b5) A7(13) A7(b13)/G D/F#
Samba no cha...fa...riz
         Dm/F A/E
Viva a folia
      Ebm7(b5)(11) Eb7(b5) G#m
A dor não presta
       G7 F#m7(9) B7(b13) E7(9) A/G D/F#
Felicidade, sim

        Dm/F          A/E  Ebº D6
O sol ensolarará a estrada dela
        B7/D#  Gm7M(9)/D Gm6(9)/D C7 C7(9)/Bb D6/A
A lua alumiará o mar
         Bbº   Bm7(11)        Bb7(b5)(13)/F Dm7
A vida é bela, o sol, a estrada amarela
         C7(#9)     Bb6        A7(b13)
E as ondas, as ondas, as ondas, as ondas

Bambeia, cambaleia, é dura na queda
Custa a cair em si
Largou família
Bebeu veneno
E vai morrer de rir
Vagueia, devaneia, já apanhou à beça
Mas para quem sabe olhar
A flor também é
Ferida aberta
E não se vê chorar

Dueto

Chico Buarque
[Intro:] F6 G7(b13) C7(9)(11) C7(b9)
F6/A     E7/G#         F6/A       E7/G#  F6
Consta nos astros, nos signos, nos búzios
F#°        Gm6     G#º
Eu li num anúncio, eu vi no espelho,
Am7(b5)  D7(b9)/F# Em7(b5)       A7(b13)
Tá lá no evangelho, garantem os orixás
Dm7       G7(9) C7(9)(11)    C7(b9)
Serás o meu amor, serás a minha paz
F6/A     E7/G#       F6/A       E7/G#  F6
Consta nos autos, nas bulas, nos dogmas
F#°      Gm6       G#º
Eu fiz uma tese, eu li num tratado,
Am7(b5) D7(b9)/F# Em7(b5)   A7(b13)
Está computado nos dados oficiais
Dm7       G7(9)   Cm7      F7(9)(11) F7(9)
Serás o meu amor, serás a minha paz
Bb7M      Bb6     Bm7(b5)    E7(b9) Am6
Mas se a ciência provar o contrário,
Am7M       Am6    Am7M
E se o calendário nos contrariar
G7(9)    G7(9)(11)   G7(9) G7(b9)        C7(9)(11) C7(b9)
Mas se o destino insistir        em nos separar
F6/A      E7/G#                  F6/A    
Danem-se os astros, os autos, os signos,
E7/G#
os dogmas, búzios, as bulas,
F6                  F#°                 Gm6   
Anúncios, tratados, ciganas, projetos, profetas,
G#º
sinopses, espelhos, conselhos
Am7(b5)  D7(b9)/F# Em7(b5)     A7(b13)
Se dane o evangelho e todos os orixás
Dm7     G7(9)(11) G7(9) C7(9)(11)       C7(b9) F6/A
Serás o meu amor,          serás amor a minha paz


Doze anos

Chico Buarque
Intro: E7 A7 Am B7 E7 A7 D


B7                      C#m5-/7
Ai, que saudades que eu tenho
               F#
Dos meus doze anos
               Bm
Que saudade ingrata
B7             C#m5-/7
Dar bandas por aí
                  F#
Fazendo grandes planos
            Am
E chutando lata
D7           G
Trocando figurinha
            F#
Matando passarinho
                 Bm
Colecionando minhoca
B7              E7
Jogando muito botão
            A7
Rodopiando pião
                D
Fazendo troca-troca
B7                       C#m5-/7
Ai, que saudades que eu tenho
          F#
Duma travessura
              Bm
Um futebol de rua
B7            C#m5-/7
Sair pulando muro
            F#
Olhando fechadura
               Am
E vendo mulher nua
D7               G
Comendo fruta no pé
           F#
Chupando picolé
                Bm
Pé-de-moleque, passoca
B7              E7
E disputando troféu
                  A7
Guerra de pipa no céu
                 D
Concurso de.. piroca!

Desencontro

Chico Buarque
A7M        F#7(b13)           Bm7(11)   E7(9)
A   sua lembran_____ça me dói tan_______to
Em7(9)        A7(9)    G#m7(b5)          C#7
Eu can____to pra ver  se espan______to esse mal
F#m7             B7(9)  E7/4(9)           A7(9)
Mas só sei dizer           Um verso banal
D7M          Dm6        G#m7(b5)           C#7
Fala em você Canta você É        sempre igual
  F#m7       F#7(b13)         Bm7(11)   E7(9)
Sobrou desse nos______so desencon_______tro
Em7(9)         A7(9)    G#m7(b5)       C#7
Um com_____to de amor  Sem pon_______to final
F#m7            B7(9)  E7/4(9)                A7(9)
Retrato sem cor           Jogado aos meus pés
D7M             Dm6              G#m7(b5)      C#7
E saudades fúteis Saudades frágeis Me______ros papéis
    F#m7     F#7(b13)          Bm7(11)   E7(9)
Não sei se você      ainda é a mes_______ma
Em7(9)     A7(9)       C#7         C#7/G#
Ou se cortou   os cabe___los Rasgou o que é meu
F#m7          C#7      Bm7(9)          E7(13)
Se ainda tem sauda___des e so_____fre como eu
A7M        F#7(b13)   Bm7(9)         E7(b9)           A6
Ou tudo já passou     Já tem   um novo amor   Já me esqueceu

Desalento

Desalento - Chico Buarque e Vinícius de Moraes
Introd.: Gm7 Ebm/Gb Bb/F Em7(b5) Eb7M Bb/D 
         Cm7 Cm7/Bb Am7(b5) Cm6/Eb D7(b9) 
         Gm7 Bb7(13) Am7(b5) D7(#9)

Gm7 Ab6 Gm7      G7(b13)      Cm7M Cm7
Sim,    vai e diz       diz assim
Cm6 Cm(6-)         D/C               G7/B
Que eu chorei      que eu morri de arrependimento
Am7(b5)       D7(b9)    Gm7 Ab6
Que o meu desalento já não tem mais fim
Gm7 G7(b13)      Cm7M Cm7
Vai e diz        diz assim
Cm6 Cm(6-) Am7(b5)           G#º  G7
Como sou   in...feliz no meu descaminho
Cm7          D7(b9)   G6 Am7 D7(b9)
Diz que estou sozinho e sem saber de mim
G7M           G6       Bm7(b5) E7(b9)
Diz que eu estive por pouco
Am7(9) Am7(9)/G      F#m7(b5) B7(#9)
Diz a ela que estou louco         pra perdoar
E7(13) E7(b13)    
Que seja lá como for, por amor,
Bm7(b5)/F  E7(b9)  Cm6/Eb D7(b9)
Por favor é pra ela voltar    sim
Gm7 Ab6       Gm7 G7(b13)     Cm7M
Sim,    vai e diz       diz assim
Cm7          Cm6                Cm(6-)
Que eu rodei, que eu bebi, que eu caí, que eu não sei
D/C                      G7/B   
Que eu só sei que cansei, enfim dos meus desencontros
Am7(b5)        D7(b13)
Corre e diz a ela que eu entrego os pontos

Fim: Gm7 Gm6 Bb/D E7(b5) Eb7M Bb/D
Cm7 D7(b13) Gm7M(9)(11)

Deixe a menina

Chico Buarque


Intr.: F7M / E7(9)/B / Am7 / B7 /
       G7M / D7 / Dm7 / G7(13)
       F7M / E7(9)/B / Am7 / B7 / G7M /
       D7 / Dm7 / G7(13)

               C6/9          E7/B         F6/A     Fm6/Ab
Não é por estar    na sua presença Meu pre__zado rapaz
C6(9)/G  D7/F#                 Dm7 G7(13)
Mas você vai mal             Mas vai mal demais
Gm7                C7(9)
São dez ho___ras, o samba tá quente
F7M               Fm/Ab   
Dei___xe a morena conten___te
Em7(b5)               A7(b13)      D7(9) G7(13)
Dei_______xe a menina sambar    em paz

C6/9          E7/B      F6/A            Fm6/Ab
Eu não queri__a jogar confete Mas te___nho que dizer
C6(9)/G  D7/F#              Dm7 G7(13)
'Cê tá de lascar              'Cê tá de doer
Gm7               C7(9)
E se vai   continuar enrusti___do
F7M             Fm/Ab 
Com es___sa cara de marido
Em7(b5)                  A7(b13)      D7(9) G7(b9)
A mo_______ça é capaz de se abor_____recer

Cm7           G7/B          Ab6      G7
Por trás de um homem triste há sempre uma mulher feliz
C7M         
E atrás dessa   mulher
B7/D#           E7(13)       E7(b13)
Mil homens, sempre tão      gentis
Am7               Fm/Ab
Por is___so, para o seu bem
Em7(b5)            A7(b13)
Ou ti_______re ela da cabeça
D7(9)              G7(13)    C6/9
Ou mere_____ça a moça que você  tem

G7(13)                C6/9          E7/B  
Não sei se é pra    ficar exultante
F6/A          Fm6/Ab
Meu que____rido rapaz
C6(9)/G  D7/F#              Dm7 G7(13)
Mas aqui ninguém              o agüenta mais
Gm7                C7(9)
São três ho___ras, o samba tá quente
F7M               Fm/Ab    
Dei___xe a morena conten___te
Em7(b5)               A7(b13)      D7(9) G7(13)
Dei_______xe a menina sambar    em paz

F7M / E7(9)/B / Am7 / B7 / G7M / D7 / Dm7 /

G7(b9)                 Cm7           
Por trás de um ho___mem triste
G7/B             Ab6      G7
há sempre uma mulher   feliz
C7M       
E atrás dessa   mulher
B7/D#           E7(13)       E7(b13)
Mil homens, sempre tão      gentis
Am7               Fm/Ab
Por is___so, para o seu bem
Em7(b5)            A7(b13)
Ou ti_______re ela da cabeça
D7(9)              G7(13)    C6/9
Ou mere_____ça a moça que você  tem

C6/9          E7/B  
Não é por estar    na sua presença
F6/A          Fm6/Ab
Meu pre____zado rapaz
C6(9)/G  D7/F#
Mas você vai mal          
Dm7 G7(13)
Mas vai mal demais
Gm7                C7(9)
São seis ho___ras, o samba tá quente
F7M                  Fm/Ab   
Dei___xe a morena com a gen__te
Em7(b5)               A7(b13)      D7(9) G7(13)
Dei_______xe a menina sambar    em paz

F7M / E7(9)/B / Am7 / B7 / G7M / D7 / Dm7 / G7(13)
F7M / E7(9)/B / Am7 / B7 / G7M / D7 / Dm7 / G7(13)

De volta ao samba

Chico Buarque
      G6 
Pensou  
                    Cm6/G       B7/F#
  que eu não vinha mais,    pensou   
Em
Cansou de esperar por mim
Bbm6  Am7(b5)          G6/D
Acenda o refletor     Apure   o tamborim  
E/D              A7/C#       Cm6  D7(b9)
Aqui é o meu lugar      Eu vim
G6                Cm6/G      B7/F#
Fechou  o tempo, o salão     fechou  
Em
Mas eu entro mesmo assim
Bbm6  Am7(b5)          G6/D
Acenda o refletor     Apure   o tamborim  
E/D              A7/E
Aqui é o meu lugar   
Cm6/Eb     G6/D  C#º  F#7/4(9)
Eu     vim

Em6  Bm6/D           Gm6/Bb
Eu sei que fui          um impostor
C6          B7(b13)      Gm6/Bb         A7
Hipócrita querendo rene______gar seu amor
F#m/A            F#7/A#        Bb7M       Gm6/Bb
Porém me dei______xe ao me____nos ser
A6            G#º          F#m7  D7/F#  G6
Pela última vez o seu compo____si_____tor

Cm6/G          B7/F#
Quem vibrou nas mi_____nhas mãos   
Em
Não vai me largar assim
Bbm6  Am7(b5)          G6/D 
Acenda o refletor     Apure   o tamborim  
E/D           A7/E       Cm6/Eb  D7(b9)
Preciso lhe falar     Eu vim
G6               Cm6/G     B7/F#
Com a flor  Dos acordes que     você   
Em
Brotando cantou pra mim
Bbm6  Am7(b5)          G6/D
Acenda o refletor     Apure   o tamborim  
E/D              A7/E
Aqui é o meu lugar   
Cm6/Eb     G6/D  C#º  F#7/4(9)
Eu     vim

Em6  Bm6/D             Gm6/Bb
Eu era sem          tirar nem pôr
C6              B7(b13)        Gm6/Bb           A7
Um pobre de espírito ao desde______nhar seu favor
F#m/A             F#7/A#          Bb7M        Gm6/Bb
Porém meu sam______ba, o trun____fo é seu
A6                   G#º             F#m7  D7/F#    G6
Pois quando de uma vez por todas Eu      me    for

G6                 Cm6/G       B7/F#
E o silêncio me a_____braçar   
Em
Você sambará sem mim
Bbm6  Am7(b5)          G6/D
Acenda o refletor     Apure   o tamborim  
E/D              A7/E
Aqui é o meu lugar
Cm6/Eb      G6/D   Cm6/G   G6
Eu      vim

De todas as maneiras

Chico Buarque
Intro: D7+ D6 Dm6 A#7+/D

 D7+     D6  Dm6         A#7+/D  Dm7
De todas as maneiras que há de amar
 C/E          B/D#
Nós já nos amamos
      F#4/7     F#7    F#4/7       F#7
Com todas as palavras feitas pra sangrar
           Bm7+ Bm7 Bm6 Bm5+ B
Já nos cortamos
  C7+      B7      C7+       B7      Em7
Agora já passa da hora, tá lindo lá fora
              E/G#           D/A            F#7/A#
Larga a minha mão, solta as unhas do meu coração
                  F#m5-/7 B7
Que ele está apressado
    Em7               A7/9
E desanda a bater desvairado
                 D7+
Quando entra o verão

 D7+     D6  Dm6         A#7+/D  Dm7
De todas as maneiras que há de amar
 C/E        B/D#
Já nos machucamos
      F#4/7     F#7    F#4/7       F#7
Com todas as palavras feitas pra humilhar
       Bm7+ Bm7 Bm6 Bm5+ B
Nos afagamos
  C7+      B7      C7+       B7      Em7
Agora já passa da hora, tá lindo lá fora
              E/G#           D/A            F#7/A#
Larga a minha mão, solta as unhas do meu coração
                  F#m5-/7 B7
Que ele está apressado
    Em7               A7/9
E desanda a bater desvairado
                 D7+
Quando entra o verão

Cuidado com a outra

Chico Buarque
G           Bm                E          Am
Vou abrir a porta / Mais uma vez pode entrar
D7         Am            D7         G
É Dia das Mães / Eu resolvi lhe perdoar

 G                    Em                 
Deus me ensinou praticar o bem
 Fº                  Am
Deus me deu esta bondade
 B7                      Em
Vou abrir a porta pra você entar
           Am
Mas não demore
                           D7
Que a outra pode lhe encontrar

Cotidiano



Da mesma safra de “Construção” é a também obra-prima “Cotidiano”, segunda faixa do elepê de 71. De versos impregnados do que poderia ser chamado de realismo conjugal, a composição inicia na obra de Chico Buarque um ciclo que renderia sucessos como “Atrás da Porta”, “Eu Te Amo” etc.

Justificando o título, “Cotidiano” trata da monótona rotina da vida em comum de um casal, o fenômeno psicológico da habituação, responsável pelo fracasso de muito casamento: “Todo dia ela faz tudo sempre igual / me sacode às seis horas da manhã / me sorri um sorriso pontual / e me beija com a boca de hortelã.” E a canção prossegue em seis estrofes curtas, entoadas sobre uma melodia igual, o que acentua o clima de monotonia desejado.

O mais curioso na letra é a marcação de alguns atos do ritual diário pelos sabores identificados pelo paladar do protagonista: “E me beija com a boca de hortelã / (...) / e me beija com a boca de café! (...) / e me calo com a boca de feijão...” A canção termina com a repetição da estrofe inicial, ou seja, anunciando que o novo dia será idêntico ao anterior. Admirador de “Cotidiano”, Vinícius de Moraes fez com Toquinho, em 1972, “Cotidiano n° 2”, dando ao tema um enfoque diferente (A Canção no Tempo - Vol. 2 - Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello - Editora 34).

Cotidiano (1971) - Chico Buarque
Intro: D7/9+  D7/9b  Gm
Gm 
Todo dia ela faz tudo sempre igual 
                              F
Me sacode as seis horas da manhã
                      D#
Me sorri um sorriso pontual 
                  D7         Gº
E me beija com a boca de hortelã 
                 
 Gm
Todo dia ela diz que é pra eu me cuidar
                              F
E essas coisas que diz toda mulher
                                D#
Diz que está me esperando pro jantar
                  D7      Gm    D7/9+  D7/9b
E me beija com a boca de café

Gm 
Todo dia eu só penso em poder parar
                               F
Meio dia eu só penso em dizer não
                          D#
Depois penso na vida pra levar
                 D7        Gº
E me calo com a boca de feijão

Gm
Seis da tarde, como era de se esperar
                          Cm
Ela pega e me espera no portão
                           
Diz que está muito louca prá beijar
                  D#       D7
E me beija com a boca de paixão
Gm
Toda noite ela diz pra eu não me afastar
                            F
Meia-noite ela jura eterno amor
                          D#
Me aperta pra eu quase sufocar
                  D7       Gº        
E me morde com a boca de pavor

Gm
Todo dia ela faz tudo sempre igual
                             F
Me sacode as seis horas da manhã
                       D#
Me sorri um sorriso pontual
                  D7        Gm   D7/9+  D7/9b  Gm
E me beija com a boca de hortelã


Corrente

Chico Buarque

Intr.: A7M G#7/13 G7M F#7 B7/9 E7 A7M D7M/9
A7M G#7/13 G7M F#7 B7/9 E7 A6 D7M/9
A7M C#7/G# G7M(#11) F#7 F7M E7 Am7 Am/G
A7M C#7/G# G7M(#11) F#7 F7M E7 Am7 Am/G
C#m7/9 G#7/B# Bm6 F#(add9)/A# A6 G#7 G° G#7
C#m7/9 G#7/B# Bm6 F#(add9)/A# A6 G#7 G° E7/G#
A7M         G#7/13          G7M         F#7   B7/9
Eu hoje fiz    um samba bem pra fren...te
E7          A7M           D7M/9
Dizendo realmente o que é que eu a.....cho
A7M         G#7/13                 G7M       F#7
Eu acho que    o meu samba é uma   corren...te
B7/9     E7           A7M       D7M/9
E coerentemente assino embai.....xo
A7M           C#7/G#     G7M(#11)      F#7   F7M
Hoje é preciso  refletir     um pou...co
F7M             E7(b13)       Am7      Am/G
E ver que o samba  está tomando jei....to
A7M            C#7/G#      G7M(#11)   F#7
Só mesmo embriagado ou muito   lou...co
F7M           E7(b13)        Am7      Am/G
Pra contestar    e pra botar defei....to
C#m7/9        G#7/B#         Bm6       F#(add9)/A#
Precisa ser   muito sincero e cla...........ro
Am6           G#7             G°      G#7
Pra confessar que andei sambando er...rado
C#m7/9           G#7/B#      Bm6      F#(add9)/A#
Talvez precise   até tomar na ca...........ra
Am6              G#7            G°     E7/G#
Pra ver que o samba está bem melhora.....do
A7M            G#7/13          G7M     F#7    B7/9
Tem mais é que   ser bem cara de ta...cho
E7          A7M       D7M/9
Não ver a multidão sambar conten.....te
A7M         C#7/G#         G7M(#11)  F#7
Isso me deixa triste e cabisbai......xo
F7M             E7(b13)         Am7         Am/G
Por isso eu fiz    um samba bem pra fren....te
Solo.:(F#m7(b5) B7/F# B7 E7)
A7M     G#7/13      G7M           F#7    B7/9
Dizendo realmente o que é que eu a...cho
E7                  A7M       D7M/9
Eu acho que o meu samba é uma   corren.....te
A7M      G#7/13       G7M       F#7   B7/9
E coerentemente assino embai...xo
E7        A7M       D7M/9
Hoje é preciso refletir um pou.....co
A7M             C#7/G#       G7M(#11)   F#7
E ver que o samba está tomando   jei...to
F7M            E7(b13)     Am7      Am/G
Só mesmo embriagado ou muito lou....co
A7M           C#7/G#         G7M(#11)     F#7
Pra contestar    e pra botar     defei...to
F7M         E7(b13)         Am7       Am/G
Precisa ser    muito sincero e cla....ro
C#m7/9          G#7/B#             Bm6
Pra confessar   que andei sambando
F#(add9)/A#
Erra...........do
Am6           G#7        G°       G#7
Talvez precise até tomar na ca...ra
C#m7/9              G#7/B#         Bm6   F#(add9)/A#
Pra ver que o samba está bem melhora........do
Am6            G#7           G°      E7/G#
Tem mais é que ser bem cara de ta.....cho
A7M           G#7/13      G7M       F#7   B7/9
Não ver a multidăo sambar conten...te
E7             A7M     D7M/9
Isso me deixa triste e cabisbai.....xo
A7M             C#7/G#         G7M(#11)        F#7
Por isso eu fiz   um samba bem     pra fren...te
F7M         E7(b13)     Am7           Am/G
Dizendo realmente o que é que eu a....cho

Copo vazio

Gilberto Gil
Chico Buarque
(De: Gilberto Gil)
G7(9)                  C   B7
É    sempre bom lembrar      
              Em7
Que um copo vazio
A7(9)              D7
Está cheio de ar
G7(9)                  C  B7            Em7           
É    sempre bom lembrar     Que o ar sombrio de um rosto
A7(9)                 D7
Está cheio de um ar vazio
B7            C                D7              G7(9)
Vazio daquilo que no ar do copo  Ocupa um lugar   
C               B7
É sempre bom lembrar, guardar de cor
Em7                   A7          D7    G
Que o ar vazio de um rosto sombri__o Está cheio de dor
G7(9)                  C   B7              Em7   A7(9)
É    sempre bom lembrar      Que um copo vazio     
D7
Está cheio de ar
C7  B7                                  Em7
Que o ar no copo Ocupa o lugar do vinho
C7  B7                                       Em(add9)
Que o vinho busca ocupar o lugar da dor
Bb7  A7                                   D6/9
Que a dor ocupa a metade da verdade  
A verdadeira natureza interior
A7                                D7(9)   B7
Uma metade cheia Uma metade vazia      
E7(9)
Uma metade tristeza Uma metade alegria
C                    D7                   G7(9)
A magia da verdade inteira Todo-poderoso amor
C               D7                  G7(9)
A magia da verdade inteira Todo-podero___so amor
C   B7              Em7   A7
É sempre bom lembrar      Que um copo vazio  
D7      G
Está cheio de ar

Chão de esmeraldas

Chão de esmeraldas - Chico Buarque e Hermínio Bello de Carvalho
Intr.: Dm7/A / / / Fm6/Ab / G7 / C/G / 
            E7/G# / A7/4 / A7
           D7M   F#7/C#
Me sinto pisando        
                Bm(7M)  Gm6
Um chão de esmeraldas
D/F#     G6         G#°   D7M/A        Am6/C   B7
Quando levo meu    coração     À       Manguei_____ra
Em7          G7M  F#7       Bm7            G#m7  C#7
Sob uma chuva de ro___sas Meu sangue jorra das veias
F#7M           B6/9           E#m7 A#7
E tinge um tapete pra ela sambar
D#7   G#7           C#7                 F#6 A7
É a re___aleza dos bambas que quer se mostrar
     D7M  Cº  B7      Bb7M   Bbm6
Sober_____ba,    garbo____sa
F6/A       Bb7M      Bº    F6/C     Cm6/Eb D7
Minha esco___la é um    cataven__to a     girar
Gm7        Bbm6/Db   C7
É ver___de, é ro_______sa
F6/C           A7/C#             Dm7 F7(9) Bb6
Oh, abre-alas  para a Man_____gueira passar
   A7(13)  D7M   F#7/C#                Bm(7M)  Gm6
Me sinto pisando        Um chão de esmeraldas
D/F#     G6         G#º   D7M/A        Am6/C   B7
Quando levo meu    coração     À       Manguei_____ra
Em7          G7M  F#7       Bm7            G#m7  C#7
Sob uma chuva de ro___sas Meu sangue jorra das veias
F#7M           B6/9           E#m7 A#7
E tinge um tapete pra ela sambar
D#7   G#7           C#7                 F#6 A7
É a re___aleza dos bambas que quer se mostrar
     D7M  Cº  B7      Bb7M   Bbm6
Sober_____ba,    garbo____sa
F6/A       Bb7M      Bº    F6/C    Cm6/Eb D7
Minha esco___la é um    cataven__to a     girar
Gm7        Bbm6/Db   C7
É ver___de, é ro_______sa
F6/C           A7/C#             Dm7 F7(9) Bb6
Oh, abre-alas  para a Man_____gueira passar
A7(13)  D7M   F#7/C#                Bm(7M)  E7(9/#11)
Me sinto pisando        Um chão de esmeraldas

Cecília

Cecília - Luiz Cláudio Ramos e Chico Buarque
A7M(9)     
Quantos artistas 
        Bm6               Gm6/Bb    
Entoam baladas pras suas  amadas
A7(4/9)       A7(b9)
Com grandes orquestras
D7M(9)/A      D6/A    G7(#11)        
Como     os inve---jo Como    os admiro
G#º        F#7        F#m6     E7(b9/13)
Eu, que te vejo E nem quase respi-------ro
A7M              Am6               G7M(9)        
Quantos poetas Românticos, prosas Exaltam suas musas
Em7      A7(4/9)  A7(b9/13)
Com todas as le-------tras
D7M/F#            G7(#11)       G/F  A/E          
Eu     te murmuro Eu      te suspiro Eu, que soletro
G#7(#11)      C#7(b9)
Teu nome     no escuro
     F#m7     C#7/E#   
Me escutas, Cecí----lia?
F#m/E                 D#m7(b5)
Mas eu    te chamava em silên-----cio
Em/D      C#º     Bm7(9/11)            Dm6
Na tu---a presença Palavras    são brutas
A7M/C#
Pode ser que, entreabertos
F#m6/C#
Meus lábios de leve 
Cº         G7(#11)/B / G7(#11) / F#7(4/9) /
Tremessem por ti
F#7*     F#m6         F#m7 /
Mas nem as sutis  melodias   
B7(9)    Bm7(9)              Bm7(9)/E      E7(13)
Merecem, Cecília, teu nome Espalhar     por aí
E7(b13)  A7M(9)/E        Fº           
Como     tantos   poetas Tantos cantores
F#m6                Dm6/F
Tantas Cecílias Com mil   refletores
A6/E         E7(#5/9)     C#m7(b5/9)      G6  F#7
Eu,  que não digo,    mas ardo       de dese--jo
B7(9)              Bm7
Te olho  Te guardo Te sigo
E7(9)    A6  / E7(b9/13) / A / C#7(b9) /
Te vejo  dormir
     F#m7     C#7/E#  
Me escutas, Cecí----lia?
F#m/E                 D#m7(b5)
Mas eu    te chamava em silên-----cio
Em/D      C#º     Bm7(9/11)            Dm6
Na tu---a presença Palavras    são brutas 
A7M/C#
Pode ser que, entreabertos
F#m6/C#
Meus lábios de leve 
Cº         G7(#11)/B / G7(#11) / F#7(4/9) /
Tremessem por ti
F#7*     F#m6         F#m7 /
Mas nem as sutis  melodias   
B7(9)    Bm7(9)              Bm7(9)/E      E7(13)
Merecem, Cecília, teu nome Espalhar     por aí
E7(b13)  A7M(9)/E        Fº           
Como     tantos   poetas Tantos cantores

F#m6                Dm6/F
Tantas Cecílias Com mil   refletores
A6/E         E7(#5/9)     C#m7(b5/9)      G6  F#7
Eu,  que não digo,    mas ardo       de dese--jo
B7(9)              Bm7     E7   G7(#11)/B  Em6/B A#º
Te olho  Te guardo Te sigo Te vejo
B7                Bm7     E7(9) /   A6(9)
Te olho Te guardo Te sigo Te vejo   dormir

Carioca

Chico Buarque
Intr.: Bb7M Bb6 Bb7M Bbm7 Bbm6   
       Bb7M Bb6 Bb7M Bbm7 Bbm6
       Bb7M Bb6 Bb7M Bbm7 Bbm6   
       Bb7M Bb6 Cm7 B7

Bb7M      Cm6   Bb7M/D   A7/E    Bb7M/F   E7(#11) Eb7M(9)
Gosto__sa        Quen__tinha       Tapioca
D7(b9)       Gm6/D Db° Cm7          F7/A     Fm6/Ab
O pregão   abre o dia           Hoje tem baile fun______k
Abm6/Cb
Tem samba no Flamen_______go O reverendo num palanque
C7(9)     F7                       Bb7M  Cm6
Lendo o Apocalipse   O homem da Gávea criou asas
    Bb7M/D  A7/E  Bb7M/F    E7(#11)  Eb7M(9)
Vadi________a            Gaivo_______ta
D7(b9)     Gm6/D  Db°  Cm7       F7/A         Fm6/Ab
Sobrevoa   a tardi_____nha     E a nebli__na da gan___ja
Abm6/Cb
O povaréu sonâm_______bulo Ambulando Que nem muamba
C7(9)        F7             Bb7M  Cm6
Nas ondas do mar   Cidade maravilhosa
     Bb7M/D  A7/E  Bb7M/F
És mi________nha       
E7(#9)     Eb7M      D7        Ebm/Db
O poente  na espinha Das tuas monta______nhas
Cm7(b5)                  Db7M(9)      Cm7(9/11) B7(9/#11)
Quase arromba a retina   De quem vê
Bb7M   F7/C     Bbm/Db    Bb7/D  Ebm7
De noi____te      Meni______nas
Gb7/Db     F7/C
Peitinhos de    pitom____ba
Fm7/C                   G7(b13)/B
Vendendo por Copacabana   
C7(9)           B7(9)
As suas bugigangas Suas bugigangas

Bb7M     Cm6   Bb7M/D       A7/E    Bb/F
Gosto___sa        Quenti____nha

Capital do samba

Capital do samba - J. Ramos - Interpretação de Chico Buarque
A             E7     A
 Chegou a capital do samba
A/C#      A#°          Bm
Dando boa noite com alegria
                  Bm(7M)               Bm7       E7
Viemos lhe apresen______tar o que a Mangueira tem
    E/D           A/C#    E7
Mocidade, samba e harmonia
          A               B7/D#  E/D        A
Nossas baianas com seus cola_____res e guias
 A/C#                B7/D#     E7  E/D
Até  parece que eu estou  na Bahia
 A/C#                E7       A       E7
Até  parece que eu estou na Bahia (chegou!)
A             E7     A
 Chegou a capital do samba
A/C#      A#°          Bm
Dando boa noite com alegria
                  Bm(7M)               Bm7       E7
Viemos lhe apresen______tar o que a Mangueira tem
    E/D           A/C#    E7
Mocidade, samba e harmonia
          A               B7/D#  E/D        A
Nossas baianas com seus cola_____res e guias
 A/C#                B7/D#     E7  E/D
Até  parece que eu estou  na Bahia
 A/C#                E7       A7/4  A7
Até  parece que eu estou na Bahia
           D7M  F#7/C#               Bm(7M) Gm6
Me sinto pisando      um chão de esmeraldas...

Cantando no toró

Chico Buarque
            Bm6       A7(13)/B
Sambando na lama de sapato    
       Am6         F#7(b13)
  bran___co, glorioso
Bm/A            Bm(add9)/A
Um grande artista     
              G6        F#7
   tem que dar o tom
G7M        A7       Bm7        Bm/A
Quase rodando, ca___indo de boca
G7M          E7/G#     A7
A voz é rouca, mas o mote é bom
F#7/A#     Bm6        A7           D7M(9)/A D6/A
Sambando na la___ma e causando frisson
G#m7(b5)         G6
Mas olha só
D6/F#         Fº         Bm6/D      C#7
Um     samba de cócoras em terra de sapo
F#m7     E7(9)    A7M(#5) A7   D6/9       Bm7
Sapateando no   toró,         cantando e sambando
   Bm6       A7(13)/B    Am6       F#7(b13)
Na lama de sapato    bran___co, glorioso
Bm/A            Bm(add9)/A        G6       F#7
Um grande artista     tem que dar lição
G7M        A7       Bm7        Bm/A
Quase rodando, ca___indo de boca,
G7M         E7/G#  A7
mas com um pouco de imaginação
F#7/A#     Bm6       A7          D7M(9)/A D6/A
Sambando na la___ma sem tocar o chão
Bm6          G7         F#7 B7(9)
E o tal ditado, como é?
E7(9)     A7      Gm7
Festa acabada, músicos a pé
C7(9)    F#m7    B7(9)    E7(9)  A7        D6/9
Músicos  a pé,   músicos  a pé     Músicos a pé
            Bm6       A7(13)/B    Am6         F#7(b13)
Sambando na lama de sapato    bran___co, glorioso
Bm/A            Bm(add9)/A        G6        F#7
Um grande artista     tem que fazer a fé
G7M        A7       Bm7        Bm/A
Quase rodando, ca___indo de boca
G7M         E7/G#      A7
Aba de touca, jura de   mulher
F#7/A#     Bm6           A7       D7M(9)/A D6/A
Sambando na la___ma e passando o boné
G#m7(b5)         G6 D6/F#         Fº      Bm6/D
Mas olha só      Por fora filó, filó
C#7
Por dentro, molambo
F#m7     E7(9)    A7M(#5) A7   D6/F#      Bm7
Cambaleando no   toró,         cantando e sambando
   Bm6       A7(13)/B        Am6     F#7(b13)
Na lama de sapato    branco, glorioso
Bm/A            Bm(add9)/A        G6           F#7
Um grande artista     tem que dar o que tem
G7M           A7     Bm7        Bm/A
E o que não tem Tocando a bola no   segundo tempo
G7M           E7/G#    A7
Atrás de tempo, sempre tempo vem
F#7/A#     Bm6             A7      D7M(9)/A D6/A
Sambando na la___ma, amigo, e tudo bem
Bm6          G7         F#7 B7(9)
E o tal ditado, como é?
E7(9)     A7      Gm7
Festa acabada, músicos a pé
C7(9)    F#m7    B7(9)    E7(9)  A7        D6/9
Músicos  a pé,   músicos  a pé     Músicos a pé
            Bm6       A7(13)/B     Am6         F#7(b13)
Sambando na lama de sapato     bran___co, glorioso
Bm/A            Bm(add9)/A
Um grande artista  
G6       F#7 G7M A7 Bm7 Bm/A G7M E7/G# A7
tem que estar feliz
F#7/A#     Bm6           A7         D7M(9)/A D6/A
Sambando na la___ma e salvando o verniz
G#m7(b5)         G6   D6/F#         Fº 
Mas olha só Em     terra de sapo,
Bm6/D       C#7
sambando de cócoras
F#m7     E7(9)    A7M(#5) A7   D6/F#      Bm7
Sapateando no   toró,         cantando e sambando
   Bm6       A7(13)/B    Am6         F#7(b13)
Na lama de sapato    bran___co, glorioso
Bm/A            Bm(add9)/A
Um grande artista  
G6         F#7 G7M A7 Bm7 Bm/A G7M E7/G# A7
tem que estar tranchã
F#7/A#     Bm6               A7    D7M(9)/A D6/A
Sambando na la___ma, amigo, até amanhã
Bm6          G7         F#7 B7(9)
E o tal ditado, como é?
E7(9)     A7      Gm7
Festa acabada, músicos a pé
C7(9)    F#m7    B7(9)    E7(9)  A7        D6/9
Músicos  a pé,   músicos  a pé     Músicos a pé

Cadê você?

Cadê você - Chico Buarque e João Donato
C7M(9)        G/B        Am7 Am/G
Me dê notícia de você            
F#m7(b5)            B7(b9)      Em7 A7(b9)
Eu gosto um pouco de chorar
Dm7        G7(9)        Em7 A7(b9)
A gente quase não se vê             
D7/4(9)          D7(9)      G7/4(9) G7(b9/13)
Me deu vontade de lembrar
C7M(9)           G/B         Am7 Am/G
Me leve um pouco com você           
F#m7(b5)         B7(b9)           Em7 A7(b9)
Eu gosto de    qualquer lugar
Dm7        Bb7(9/13)        Em7 A7(b9)
A gente pode     se entender            
D7/4(9)  D7(9)  G7/4(9)  G7(b9/13)  C6/9
E não  saber    o que      falar
F7M                 B7/4(9)  B7(b9)
Seria um acontecimen______to          
Em7(b5)                    A7(b9)
Mas lógico que você so_____me
Dm7                         G7(9)
No dia em que o seu pensamento
Gm7 Am7 Bb6 C7/4(9)  C7(b9/13)
Me chamou
F7M                     B7/4(9)  B7(b9)
Eu chamo o seu apartamen______to          
Em7(b5)                          A7(b9)
Não mora ninguém com esse no_____me
Dm7                       G7(9)
Que linda a cantiga do vento
C7M(9)  Dm7 Em7 F7M G7/4(9) G7(b9/13)
Já passou
C7M(9)        G/B          Am7 Am/G
A gente quase não se vê            
F#m7(b5)         B7(b9)      Em7  A7(b9)
Eu só queria   me lembrar
Dm7        G7(9)      Em7 A7(b9) Dm7
Me dê notícia de você
Em7 F7M G7/4(9) G7/4(b9) G7(b9/13) C6/9 Bb7(9/13) Ab7M(6)
Me deu vontade      de       vol______tar

Caçada

Chico Buarque
Tom: C6/9

C6/9                         F6
Não conheço seu nome ou paradeiro
  Fm6                  C6/9
Adivinho seu rastro e cheiro
                          F6
Vou armado de dentes e coragem
 F6                     C6/9
Vou morder sua carne selvagem
                    F6    
Varo a noite sem cochilar, aflito
  Fm6                     C6/9
Amanheço imitando o seu grito
                         F6
Me aproximo rondando a sua toca
   Fm6                  C6/9
E ao me ver você me provoca
                    F6
Você canta a sua agonia louca
 Fm6                 C6/9
Água me borbulha na boca
                     F6
Minha presa rugindo sua raça
  Fm6                        C6/9
Pernas se debatendo e o seu terror
 F6    Fm6  E6/7    A7/9-
Hoje é o dia da graça,
   Dm7    G6/7           (Gm7 C7)  C6/9
hoje é o dia da caça e do caçador


                          F6
Eu me espicho no espaço feito um gato
 Fm6                      C6/9
Pra pegar você, bicho do mato
                F6
Saciar a sua avidez mestiça
 Fm6                            C6/9
Que ao me ver se encolhe e me atiça
                               F6
E num mesmo impulso me expulsa e abraça
 Fm6                     C6/9
Nossas peles grudando de suor
 F6    Fm6  E6/7    A7/9-
Hoje é o dia da graça,
   Dm7    G6/7           (Gm7 C7)  C6/9
hoje é o dia da caça e do caçador


                    F6
De tocaia fico a espreitar a fera
 Fm6                  C6/9
Logo dou-lhe o bote certeiro
                          F6
Já conheço seu dorso de gazela
 Fm6                     C6/9
Cavalo brabo montado em pelo
                      F6
Dominante, não se desembaraça
 Fm6                     C6/9
Ofegante, é dona do seu senhor
 F6    Fm6  E6/7    A7/9-
Hoje é o dia da graça,
  Dm7    G6/7           (Gm7 C7)  C6/9
hoje é o dia da caça e do caçador

Bom tempo



Bom tempo (samba, 1968) - Chico Buarque
Tom: C

C7+             Bm7/5-   
Um marinheiro me contou 
          E7/9-          Am
   que a boa brisa lhe soprou
Dm7/5-      G7
Que vem aí  bom tempo
C7+           Bm7/5-                E7/9-           Am
O pescador me confirmou / que o passarinho lhe cantou
Dm7/5-    Bb     A7
Que vem aí  bom tempo
Dm7+       C5+                       Em5-/7
Dou duro toda semana  / senão pegunte à Joana
A7
Que não me deixa mentir
Dm        G7          C         Am            Dm
Mas, finalmente é domingo naturalmente, me vingo
G7           C      A7
Eu vou me espalhar por aí
Dm              G7           C
No compasso do samba disfarço o cansaço
A7          Dm
Joana debaixo do braço
G7              C        Gm4/7         A7
Carregadinha de amor,/  vou que vou
Dm          G7                C
Pela estrada que dá numa praia dourada
A7                   Dm
Que dá num tal de fazer nada
G7               C        Gm4/7     A7
Como a natureza mandou, / vou
Dm          G7                  C
Satisfeito, a alegria batendo no peito
A7                      Dm
O radinho contando direito
G7                C             Gm4/7       A7
A vitória do meu tricolor, / vou que vou
Dm            G7              C
Lá no alto sol quente me leva num salto
A7                Dm         G7            C      G7
Pro lado contrário do asfalto pro lado contrário da dor
C7+              Bm7/5-          E7/9-          Am
Um marinheiro me contou / que a boa brisa lhe soprou
Dm7/5-    G7
Que vem aí bom tempo
C7+               Bm7/5-              E7/9-        Am
Um pescador me confirmou / que um passarinho lhe cantou
Dm7/5-     Bb        A7
Que vem aí  bom tempo
Dm7+     C5+           Em5-/7                    A7
Ando cansado da lida preocupada, corrida, surrada, batida
Gm/F         A7
Dos dias meus
Dm     G7         C         Am        Dm7
Mas uma vez na vida eu vou viver a vida
G7       C
Que eu pedi a Deus
 
 

Bom conselho

Chico Buarque
G7M                    Em7 G7/D
Ouça um bom conselho     
A7/C#
Que eu lhe dou de graça
Eb             D7(b9)                 Gm7   D7(b9)
Inútil dormir      que a dor não pas___sa
G7M              Em7 G7/D                A7/C#
Espere sentado        Ou você se cansa
Eb                     D7(b9)           Gm7   G7(b9/b13)
Está provado, quem espera  nunca alcan___ça
Cm7(9)                                
Venha, meu amigo Deixe esse regaço
G/F
Brinque com meu fogo Venha se queimar
Cm7(9)
Faça como eu digo Faça como eu faço
Em7(b5)              A7(b13)      Am7(b5)      D7(b9)
Aja duas vezes       antes de     pensar
G7M                    Em7 G7/D                   A7/C#
Corro atrás do tempo        Vim de não sei onde
Eb          D7(b9)              Gm7  D7(#9)
Devagar é que   não se vai lon___ge
G7M                 Em7 G7/D               A7/C#
Eu semeio o vento        Na minha cidade
Eb                D7(b9)             Gm7 Bb7
Vou pra rua e be______bo a tempestade
Eb                D7(b9)             Gm7 Bb7
Vou pra rua e be______bo a tempestade
Eb                  D7(b9)          Gm7(9)  C7(13) Gm7(9)
Vou pra rua e bebo      a tempesta_____de

Bolero Blues

Bolero blues - Chico Buarque e Jorge Helder
[Intro:] Eb7M(9) Am6(9) D7(b9)(13) 
              Gm7M(9) Gm7(9) Cm7

         A7(b9)       Dm7(9)
Quando eu ainda estava moço
      Bm7(b5)  
Algum pressentimento
   Cm/Eb       D7(b9) G7  Cm7(9)
Me trazia      volta e meia por aqui
    A7(b13)     Bb7M Bb6
Talvez à espera da garota
G7/B   Bm7(b5)
Que naquele tempo
     Cm/Eb      D7(b9)  G7   Cm7(11)
Andava longe,     muito longe de existir
Cm7        Am7(b5) D7(b9) Gm7M(9) G7/B
Tantos tristes fados   eu compus
Cm7        Am7(b5) D7(b9) Gm7M(9) G7/B Cm7(9)
Quanto choro em vão, bolero   blues
A7(b9)      Dm7(9)
Eis que do nada ela aparece
Bm7(b5)    
Com o vestido ao vento
Cm/Eb D7(b9)         G7    Cm7(9)
Já tão desejada       que não cabe em si
Ab7M      Abm6      Gm7(b5)     C7(b9)
Neste crucial momento, neste cruzamento
Fm7
Se ela olhar para trás
C7/E        Fm/Eb G7/D
É bem capaz de num lamento
Bbm/Db   C7(b9)      Fm7M(9) Fm/Eb
Acudir ao meu olhar mendigo
Dm7(b5)       G7/B
Mas aquela ingrata corre
Bbm/Db      C7(b9)            Fm7M(9)
E a Barão da Torre e a Vinícius de Moraes
E7(9)           Fm/Eb Dm7(b5)
São de repente estranhas ruas
Bbm/Db      C7(b9)    Fm7M(9) Fm/Eb
Sem o seu vestido ficam nuas
Dm7(b5) Abm6     Gm7 Gm7/F G7/D         Cm7(9)
E ao    vento eu digo:     -Tarde demais
         A7(b13)         Bb7M Bb6
Quando ela já não mais garota
G7/B       
Der a meia-volta
Dm7(b5)     Cm/Eb    G7/D Cm7(9)
Claro que não vou estar mais nem  aí

Boi voador não pode

Chico Buarque
C6/9                
Quem foi, quem foi     
   Dm7/9             G7/13      A7/13
  que falou do boi  voador
A7(b13)        D7/9          G7
Manda prender    esse boi    Seja esse boi o que for
C6/9                  Dm7/9             G7/13     A7/13
Quem foi, quem foi     que falou do boi  voador
A7(b13)        D7/9          G7
Manda prender    esse boi    Seja esse boi o que for

C6/9   A7/C#    Dm7                B7/D#      Em7
O boi   ain___da dá bode Qual é  a do boi que revoa
Gm7 C7(b9)      F7M         F6 Am7  D7/9    Dm7/9  G7/13
Boi re_____almen___te não pode vo___ar  à to_______a

C6/9                           Dm7/9   G7      C6/9
É fora, é fora, é fora É fora da lei,  é fora do ar
Dm7/9     G7     C6/9
É fora, é fora, é fora Segura esse boi   Proibido voar
Dm7/9   G7      C6/9
É fora, é fora, é fora É fora da lei,  é fora do ar
Dm7/9     G7     C6/9
É fora, é fora, é fora Segura esse boi   Proibido voar


F7M F#° Em7(b5) A7(b13) D7/9 G7/13 Gm7 C7(b9)
F7M F#° Em7(b5) A7(b13) D7/9 G7/13 C6/9 C7(#9)

Biscate

Chico Buarque
Intr.: Bm7 E7(b9) F7M/C D7/F# Dm7 
       E7/G# Ab7M/Eb Ab7
Am7     E7/B     Am/C        A7/C# 
Vivo de  bisca____te e que_____res
Dm7*      Dm6   Bbm6/Db  C7
que eu    te sus___ten_______te
F#m7(b5)            Fm6       C/E     A7/E
Se      eu ganhar algum venden___do ma____te
D7             Dm6      C6     C7
Dou-te uns badulaques de  repen__te
Bm7         E7(b9) F7M/C
Andas de pareô,   
D7/F#      Dm7       E7/G#   Ab(add9)/Eb Ab7
eu si_____go ina___dimplen_____te
Am7        E7/B       Am/C   A7/C# Dm7*
Chamo você  pra sam____bar       
Dm6       Bbm6/Db   C7
Levo você pra ben_______zer
F#m7(b5)     Fm6       C/E       A7/E  D7
Fui     pegar   uma cor   na prai____a 
Dm6          C6   C7
E só faltou me bater,   é
Bm7      E7(b9)       F7M/C       D7/F#  Dm7
Basta ver      um rabo_____-de-sai_____a  
E7/G#     Ab(add9)/Eb   Ab7
Pro bobo se   derre___________ter
Am7      E7/B      Am/C
Vives na  gandai____a
A7/C#          Dm7*      Dm6   Bbm6/Db  C7
e espe_____ras que eu    te res___pei_______te
F#m7(b5)          Fm6      C/E     A7/E 
Quem    que te mandou tomar   conha____que
D7        Dm6       C6       C7
com o tíquete que te dei  pro lei__te
Bm7              E7(b9)     F7M/C
Quieta que eu quero ouvir  
D7/F#       Dm7       E7/G#   Ab(add9)/Eb Ab7
Flamen_____go e Ri___ver Pla_____te
Am7       E7/B     Am/C  A7/C# Dm7*
Faço lelê  de fu____bá       
Dm6      Bbm6/Db  C7
Faço pitu no den_______dê
F#m7(b5)   Fm6     C/E     A7/E   D7
Sirvo   seu   pitéu   na ca____ma 
Dm6        C6    C7
E nada dele comer,   ai
Bm7   E7(b9)         F7M/C     D7/F#   Dm7
Telefo______ne, é voz     de da_____ma  
E7/G#        Ab7M/Eb   C7(b13)/E
Se penteia   pra aten_______der
Fm7      C7/E    Ab7/Eb      Bb7/D   Fm7
Vamos ao  cine______ma, ba_____by 
C7/E      Ab7/Eb     Bb7/D
Vamos nos mandar      daqui
Fm7      C7/E     Ab7/Eb       Bb7/D
Vamos nos casar      na igre_____ja
Bbm/Db        Fm7/C       Bº     Bbm6
Che______ga de barraco Chega de piti
Fm7      C7/E  Ab7/Eb        Bb7/D   Fm7
Vamos pra Ba______hia, den_____go 
C7/E     Ab7/Eb      Bb7/D
Vamos ver o sol      nascer
Fm7        C7/E     Ab7/Eb    Bb7/D
Vamos sair  na ba______teri_____a
Bbm/Db         Fm7/C       G7       G#º
Dei______xe de chilique Deixe de siricotico
Am7              E7/B      Am/C
(ELE) Vivo    de     bis____cate...
(ELA) Chamo você pra sam_____bar...

Benvinda

Chico Buarque
Tom: Dm7
Intro: Dm7 C#5+/7 Cm7 B7 A#7+ A#m7
Am7 G#º Gm7 C7 Em5-/7 A7/9-

Dm7        C#5+/7        Cm7
Dono do abandono e da tristeza
Am5-/7   D7       Gm7            D/F#           G/F
Comunico oficialmente que há um lugar na minha mesa
C/E          Cm/D#  
Pode ser que você venha por mero favor,
Gm/D             C#º E7
ou venha coberta de amor
A7
Seja lá como for, venha sorrindo
Dm7        A/C#      D/C
Ah, benvinda, benvinda, benvinda
Am5-/7           D7            Gm7
Que o luar está chamando, que os jardins estão florindo
A7
Que eu estou sozinho
Dm7     A/C#          D/C       Am5-/7    D7   Gm7
Cheio de anseio e de esperança, comunico a toda gente
D/F#           G/F
Que há lugar na minha dança
C/E             Cm/D#
Pode ser que você venha morar por aqui,
Gm/D           C#º   E7
ou venha pra se despedir
A7
Não faz mal pode vir até mentindo
Dm7       A/C#      D/C
Ah, benvinda, benvinda, benvinda
Am5-/7          D7              Gm7
Que o meu pinho está chorando, que o meu samba está pedindo
A7  
Que eu estou sozinho
Dm7    E7          A7     Am5-/7      F7               E7
Vem iluminar meu quarto escuro, vem entrando com o ar puro
A7       Dm  A7/9+
Todo novo da manhã
Dm7           E7    A7   C6         F7       E7
Oh vem a minha estrela madrugada, vem a minha namorada
Em5-/7       A7
Vem amada, vem urgente, vem irmã
Dm7        A/C#      D/C
Benvinda, benvinda, benvinda
Am5-/7          D7           Gm7
Que essa aurora está custando, que a cidade está dormindo
A7
Que eu estou sozinho
Dm7             A/C#      D/C     Am5-/7 D7   Gm7
Certo de estar perto da alegria, comunico finalmente
D/F#       G/F
Que há lugar na poesia
C/E                  Cm/D#
Pode ser que você tenha um carinho para dar,
Gm/D            C#º   E7
ou venha pra se consolar
A7
Mesmo assim pode entrar que é tempo ainda
Dm          A/C#      D/C
Ah, benvinda, benvinda, benvinda
Am5-/7                     D7              Gm7
Ah, que bom que você veio, e você chegou tão linda
A7
Eu não cantei em vão
D           A/C#      Cm7        F7       A#7
Benvinda, benvinda, benvinda. benvinda, benvinda
A7   Dm
No meu coração

Bem-querer

Chico Buarque
A7/C#                       D#m7(b5)      
Quando o meu bem querer        me vir
G7/B                      C
Estou certa que há de vir   atrás
F/A                  Bbadd9  
Há  de me seguir por to_____dos
Bm7(b5)          E7(b9)       Am Am/G
To____dos, to____dos,   to____dos os    umbrais
A7/C#                       D#m7(b5)    
E    quando o seu bem querer        mentir
G7/B                    C
Que não vai haver adeus   jamais
F/A                    Bbadd9    
Há  de responder com ju________ras
Bm7(b5)       E7(b9)      Am Am/G
Ju___ras, ju__ras,    juras i_____morais
A7/C#                       D#m7(b5)      
E    quando o meu bem querer        sentir
G7/B                   C
Que o amor é coisa tão   fugaz
F/A                        Bbadd9  
Há  de me abraçar com a gar_______ra
Bm7(b5)        E7(b9)       Am Am/G
A gar___ra, a gar__ra,    a garra dos   mortais
A7/C#                       D#m7(b5)   
E    quando o seu bem querer        pedir
G7/B                    C
Pra você ficar um pouco   mais
F/A                        Bbadd9  
Há  que me afagar com a cal________ma
Bm7(b5)        E7(b9)      Am Am/G
A cal___ma, a cal__ma,    a calma dos   casais
A7/C#                     D    
E quando o meu bem querer   ouvir
C#7        C#/B     A  A/G# A/F# A/E
O  meu coração bater demais
D#°         B7          E/G# 
Há de me rasgar com a fú____ria
Em/G                            F#7(4) F#7
A fú__ria, a fú_ria, a fúria, a fúria assim dos a_nimais
A7/C#                       D#m7(b5)    
E    quando o seu bem querer        dormir
G7/B                 C4          C
Tome conta que ele so__nhe em paz
F/A             F7/A      Bb4  Bb    
Como alguém que lhe apagas_____se a luz
Bm7(b5)             E7(b9)         Am
Vedasse a por____ta e abris__se o gás

Bastidores

Chico Buarque
  D7/9    E7  A7
Chorei, chorei
Cm   D7  Gm
Até ficar com dó de mim
C7            F
E me tranquei no camarim
Em7         A7      Dm
Tomei o calmante, o excitante                
G7/5+  C7/9
e um bocado de gin
E7          A7              Cm     D7  Gm7
Amaldiçoei    /  O dia em que te conheci
C7      F
Com muitos brilhos me vesti
Em7         A7         Dm         G7/5+
Depois me pintei, me pintei, me pintei, me pintei
C       E7    Am                            G7    C7  E
Cantei, cantei,         como é cruel cantar assim
E7         Am      B7        E
E num instante de ilusão te vi pelo salão
B7       E  G7 D7/9
a caçoar de mim
E7         A7                      Cm   D7  Gm7
Não me troquei  /  Voltei correndo ao nosso lar
A7       C7          F7+
Voltei pra me certificar
Em7       A7           Dm           G7/5+
Que nunca mais vais voltar, vais voltar, vais voltar
C        E7     Am
Cantei, cantei,
Gm7   C7   F
Nem sei como eu cantava assim
E7       Am        B7       E
Só sei que todo o cabaret me aplaudiu de pé
B7       E     G7   D7/9
Quando cheguei ao fim
E7
Mas não bisei
A7                      Cm   D7   Gm7
Voltei correndo ao nosso lar
C7     F
Voltei pra me certificar
Em7        A7          Dm              G7/5+
Que tu nunca mais vais voltar, vais voltar, vais voltar
C     E7    Am                              Gm7   C7  F
Cantei, cantei   / Jamais cantei tão lindo assim
E7          Am      B7             E
E os homens lá pedindo bis   /  Bêbados e febris
B7         E     G7   D7/9
A se rasgar por mim
E7
Chorei, chorei
A7                 (Dm)
Até ficar com dó de mim ....

Até Segunda-Feira

Chico Buarque
Tom: E
E                 F#m7             G#m7
Sei que a noite inteira eu vou cantar
C#m7/9         F#m7
Até segunda feira
    B7/9             F#    C7/9-  B7/9-
quando volto a trabalhar, morena
E            F#m7              G#m7
Sei que não preciso me inquietar
C#m7/9       F#m7
Até segundo aviso
        B7/9        E7+/9
Você prometeu me amar
           Am              B7          Em
Por isso eu conto a quem encontro pela rua
     Am7      D7/9     G
Que meu samba é seu amigo
   B7/9-   E7      Am
Que a minha casa é sua
      D7/9             G
Que meu peito é seu abrigo
      B7            Em
Meu trabalho, seu sossego
      G          C
Seu abraço, seu emprego
      B7                Em
Quando chego no meu lar, morena

Até pensei

Chico Buarque
D7M           A/G
Junto à minha rua 
           F#m7  Bm7
  havia um bos___que
Em7       Em/D   C#m7(b5)
Que um mu__ro al______to 
    C6     F#m7(b5)  B7(b9)
pro_i__bi________a
Em7       F#7(b9)    Bm7       E7(9)
Lá todo balão    caía,  toda maçã   nascia
Em7     A7/4(b9)   A7(b9)    D6   Em7(b5) A7(b9)
E o dono do bos_____que      nem via
Dm7  Em7(b5)   Dm7   Em7(b5)    Am7(11)
Do lado     de lá tanta     aventu_____ra
D7(b9)           Gm7
E eu a espreitar   na noite escura
C7(b9)       F6/9   Dm7
A dedilhar  essa modinha
Em7(b5)      A7(b9)     Dm7        F7(13)
A      felicida____de morava tão vizi____nha
Bb7M        A7(b9)          Dm7   A7/4(b9) A7(b9)
Que, de tolo até pensei   que fosse minha
D7M           A/G           F#m7  Bm7
Junto a mim morava a minha ama____da
Em7     Em/D     C#m7(b5)    C6     F#m7(b5)  B7(b9)
Com o____lhos cla_____ros como o di________a
Em7       F#7(b9)     Bm7           E7(9)
Lá o meu olhar   vivia   de sonho e fantasia
Em7      A7/4(b9)    A7(b9)    D6   Em7(b5) A7(b9)
E a dona dos o_______lhos      nem via
Dm7  Em7(b5)   Dm7   Em7(b5)   Am7(11)
Do lado     de lá tanta     ventu_____ra
D7(b9)        Gm7
E eu a esperar   pela ternura
C7(b9)         F6/9   Dm7
Que a enganar   nunca me vinha
Em7(b5)       A7(b9)         Dm7      F7(13)
Eu     andava po____bre, tão pobre de carinho
Bb7M        A7(b9)          D7M
Que, de tolo até pensei   que fosse minha
A/G  F#m7  Bm7  Em7  Em/D  C#m7(b5)  C6  F#m7(b5)
B7(b9) Em7  F#7(b9)  Bm7  E7(9)  Em7  A7/4(b9)  A7(b9)
D6  Em7(b5)  A7(b9)  Dm7  Em7(b5)  Dm7  Em7(b5)  Am7(11)
D7(b9) Gm7  C7(b9)  F6/9  Dm7
Em7(b5)            A7(b9)          Dm7        F7(13)
To_____da a dor da vi____da me ensinou essa modi____nha
Bb7M        A7(b9)
Que, de tolo até pensei
Dm7(9)/A  Gm7  Dm/F  Eb7M  Dm7(9)
que fosse mi________nha

Até o fim

Chico Buarque
E         A7/C#      E          B7/D#  
Quando nasci veio um anjo safado  
E       A7/C#     E  B7/4/9    
O chato dum querubim  
F#7/A#                   Am6  
E decretou que eu tava predestinado  
E6/G#         C#7(b9)  
A ser errado assim  
 F#7   F#7(#5)      B7/4/9     B7(9)  
Já de saída a minha estrada entortou  
E       A/C#    B7/4/9  
Mas vou até o fim  
E        A7/C#     E            B7/D#  
"Inda" garoto deixei de ir à escola  
E    A7/C#          E B7/4/9  
Cassaram meu boletim  
F#7/A#                       Am6  
Não sou ladrão , eu não sou bom de bola  
E6/G#              C#7(b9)  
Nem posso ouvir clarim  
F#7      F#7(#5)        B7/4/9   B7(9)  
Um bom futuro é o que jamais me esperou  
E       A/C#    B7/4/9  
Mas vou até o fim  
E         A7/C#      E             B7/D#  
Em bem que tenho ensaiado um progresso  
E      A7/C#      E  B7/4/9  
Virei cantor de festim  
F#7/A#                      Am6  
Mamãe contou que eu faço um bruto sucesso  
E6/G#         C#7(b9)  
Em Quixeramobim  
F#7      F#7(#5)  B7/4/9    B7(9)  
Não sei como o maracatu começou  
E       A/C#    B7/4/9  
Mas vou até o fim  
E        A7/C#       E       B7/D#  
Por conta de umas questões paralelas  
E       A7/C#          E B7/4/9          
Quebraram meu bandolim  
F#7/A#                    Am6  
Não querem mais ouvir as minhas mazelas  
E6/G#            C#7(b9)  
E a minha voz chinfrim  
F#7     F#7(#5)         B7/4/9  B7(9)  
Criei barriga, a minha mula empacou  
E         A/C#   B7/4/9  
Mas vou até o fim  
E         A7/C#    E         B7/D#  
Não tem cigarro acabou minha renda  
E       A7/C#          E  B7/4/9           
Deu praga no meu capim  
F#7/A#                    Am6  
Minha mulher fugiu com o dono da venda  
E6/G#         C#7(b9)  
O que será de mim ?  
F#7        F#7(#5)         B7/4/9      B7(9)  
Eu já nem lembro "pronde" mesmo que eu vou  
E           A/C#   B7/4/9  
Mas vou até o fim  
E        A7/C#    E         B7/D#  
Como já disse um anjo safado  
E       A7/C#       E B7/4/9  
O chato do Querubim  
F#7/A#                     Am6  
Que decretou que eu tava predestinado  
E6/G#        C#7(b9)  
A ser todo ruim  
F#7                    B7/4/9     B7(9)  
Já de início a minha estrada entortou  
E         A/C#   B7/4/9  
Mas vou até o fim

Assentamento

Chico Buarque
De: Chico Buarque) 

("Tôo" - Apud Guimarães Rosa)

Am            Fm/Ab          C/G    Gb7(9/#11)
Quando eu morrer, que me enterrem      
F7M         A7/E     Dm7  A7/C# Dm6
na beira do  chapadão
D#º          Gm6/D
- contente com minha ter_____ra
A7/C#          Dm/C
Cansado de   tanta guer____ra
G7(#5)/B       Gm6/Bb
Crescido de      coração

G#º(b13) / C7M / C7/4(9) / C7M / Cm7 /

C7M            Bb6             F7M/A
Zanza daqui Zanza pra acolá
F6/A     Fm6/Ab
Fim de feira, periferia afora
Em/G             E7/G#            Am6
A cidade não mora mais em mim
Bb7          C7M C7/4(9) C7M Cm7
Francisco, Serafim Vamos embora    Embora
C7M           Bbm6/Db        C7M
Ver o capim Ver    o baobá
Bb6            F6/A
Vamos ver a campina quando flo____ra
E7/G#     Gm6              F#m7(b5)
A pira_____cema,   rios contravim    
Fm7            C7M
Binho, Bel, Bia, Quim Vamos embo___ra

Cm7 / C7M / Bb7M /

Am7                Fm6/Ab               C7M/G   Gb7(9/#11)
Quando eu morrer      Cansado de guer_____ra
F7M            A7/E               Dm7   Dm7(b5)
Morro de bem    Com a minha ter___ra:       
C7M            G7/B
Cana, caqui Inhame, abóbora
C/Bb             Am7(b5)       Fm6/Ab  C7M/G
Onde só vento       se semeava   outrora
Gb7(#11)
Amplidão, nação,       sertão sem fim
F6                 Bb/Ab           C7M
Oh, Manuel, Migüilim   Vamos embo___ra

Cm7 / C7M / C7/4(9) /

C7M            Bb6             F7M/A
Zanza daqui Zanza pra acolá  
F6/A     Fm6/Ab
Fim de feira, periferia afora
Em/G             E7/G#            Am6
A cidade não mora mais em mim
Bb7          C7M C7/4(9) C7M Cm7
Francisco, Serafim Vamos embora                Embora
C7M            Bbm6/Db        C7M
Ver o capim Ver    o baobá 
Bb6            F6/A
Vamos ver a campina quando flo____ra
E7/G#     Gm6              F#m7(b5)
A pira_____cema,   rios contravim     
Fm7            C7M
Binho, Bel, Bia, Quim Vamos embo___ra

Cm7 / C7M / Bb7M /

Am7                Fm6/Ab               C7M/G   Gb7(9/#11)
Quando eu morrer      Cansado de guer_____ra
F7M            A7/E               Dm7   Dm7(b5)
Morro de bem    Com a minha ter___ra:        
C7M            G7/B
Cana, caqui Inhame, abóbora
C/Bb             Am7(b5)       Fm6/Ab  C7M/G
Onde só vento       se semeava   outrora
Gb7(#11)
Amplidão, nação,       sertão sem fim
F6                 Bb/Ab           C7M
Oh, Manuel, Migüilim   Vamos embo___ra

Cm7 / C7M / Bb6 /

Am            Fm/Ab          C/G    Gb7(9/#11)
Quando eu morrer, que me enterrem
F7M         A7/E     Dm7  A7/C# Dm6
na beira do  chapadão
D#º          Gm6/D
- contente com minha ter_____ra
A7/C#          Dm/C
Cansado de   tanta guer____ra
G7(#5)/B       Gm6/Bb G#º(b13) C7M/G
Crescido de      coração

As vitrines

Chico Buarque
D7/b5/b9     Gm7             D7/F#   
Eu te           vejo sumir por aí   
   Eb6/G                            Bbm7  Bbm6   
Te avisei que a cidade era um vão   
      Am7(11)               D7/A            
Dá tua mão, olha pra mim    
            Gm7                    D7/9-   
Não faz assim, não vá lá, não   
      Gm7                 D7/F#   
Os letreiros a te colorir   
   Eb6/G                   Cm7  F7  
Embaraçam a minha visão   
      Bb7+                   A7(13)  A7(b13)   
Eu te vi suspirar de aflição   
               Am7(b5)           D7/A  F7/A   
E sair da sessão frouxa de rir    
        Bb/D                              G7/D   
Já te vejo brincando gostando de ser   
      Dm7(b5)                 G7/D          
Tua sombra se multiplicar   
            Cm7/9                        Eb7M/Bb   
Nos teus olhos também posso ver   
      A7/4(b9)  A7(b9)     Am5-/7   D7(b9)  
As vitrines te vendo passar   
        Gm7               D7/F#   
Na galeria, cada clarão                   
              Eb6/G                              Ab6  G7(b13)   
É como um dia depois de outro dia   
            Cm7/9     Ebm6/Gb    
Abrindo o salão   
                   F7         Bb7+  Bb7   
Passas em exposição   
      Eb6        C7/E    Eº   
Passas sem ver teu vigia   
   Eb6        Cm6/G     
Catando a poesia   
  D7/F#               Gm7  Gm/7M/9  
Que entornas no chão   

As minhas meninas

Chico Buarque
Em7(b5)        A7(b13)     
Olha as mi_____nhas meninas 
  Dm7      E7/G#    Am(11)
As minhas meninas
Am(b6/11)           B7/D#  B7(b13)
Pra onde       é que elas vão
E6/G#       Dm6/F      B7M/F#    G#m7     Bm7      E7(9)
Se já sa____em sozinhas As notas da minha canção
A7M/C#       F7M/C    Bm6     Bb7(9/#11)      C7M/G
Vão as minhas meninas Levan_______do destinos
C7/G    F7M          Fm6
Tão i____luminados de sim
Gm6/Bb     A7        Dm7      G7(13)
Passam por mim E embaraçam as linhas
   Em7(b5)       A7(b13)      Dm7       E7/G#     Am(11)
Da mi_____nha mão        As meninas são minhas Só minhas
Am(b6/11)      B7/D#  B7(b13)
Na mi______nha ilusão
E6/G#       Dm6/F       B7M/F#       G#m7     Bm7   E7(9)
Na canção   cristali_____na Da mina da imaginação
A7M/C#       F7M/C    Bm6        Bb7(9/#11)  
Pode o tempo marcar seus cami________nhos
C7M/G        C7/G
Nas faces com as linhas
F7M          Fm6  Gm6/Bb   A7        Dm7      G7(13)
Das noites de não     E  a solidão maltratar as meninas
   Em7(b5)    A7(b13)      Dm7       E7/G#
As minhas não         As meninas são minhas
Am(11)    Am(b6/11)       Am(6/11) 
Só minhas As mi_______nhas meni______nas
Am(b6/11)    Am(11)
Do meu      coração

Aquela mulher (Chico Buarque)

Chico Buarque
     Bm7        E7(b9/13)
Se você quer mesmo saber 
A6            F7/A     Bb7M
Por que que ela ficou  comi____go
E7         A7M A6
Eu digo que não sei    
G#7(b13)          C#m7        Am6/C
Se      ela ainda tem seu endereço
Em7/B       A#°  Dm7/A
Ou se lembra de você    
Dm6/A          C#7/G# C#(#5)
Confesso que  não perguntei
F#(add9)/A#   G#m7
As nossas noites     são 
F#7M         E#7  A#m7
Feito oração na catedral
D#m7  D#m/C#      B#m7(b5)  Bm6
Não cuidamos do mun___do     Um segundo   sequer
A6/9                      C#7/G#
Que noites de alucinação 
Bm/A  E7/G#         Em7(9)/B A7
Passo dentro daque______la mulher
F#7/A#                    B7(9)
Com outros homens, ela só me diz Que sempre se exibiu
E7(9/13)                    Em7(9) A7(13)
E até      fingiu sentir prazer         
D#m7(b5)         G#7/D#
Mas nunca soube,  antes de mim
C#m7            Cº
Que o amor vai longe assim
B7            E7(b9/13)  A6
Não foi você quem quis     saber?
A#º     Bm7        E7(b9/13)
Se você quer mesmo saber 
A6            F7/A     Bb7M
Por que que ela ficou  comi____go
E7         A7M A6
Eu digo que não sei    
G#7(b13)          C#m7        Am6/C
Se      ela ainda tem seu endereço
Em7/B       A#°  Dm7/A
Ou se lembra de você    
Dm6/A          C#7/G# C#(#5)
Confesso que  não perguntei
F#(add9)/A#   G#m7
As nossas noites     são 
F#7M         E#7  A#m7
Feito oração na catedral
D#m7  D#m/C#      B#m7(b5)  Bm6
Não cuidamos do mun___do     Um segundo   sequer
A6/9                      C#7/G#
Que noites de alucinação 
Bm/A  E7/G#         Em7(9)/B A7
Passo dentro daque______la mulher
F#7/A#                    B7(9)
Com outros homens, ela só me diz Que sempre se exibiu
E7(9/13)                    Em7(9) A7(13)
E até      fingiu sentir prazer         
D#m7(b5)         G#7/D#
Mas nunca soube,  antes de mim
C#m7            Cº
Que o amor vai longe assim
B7            E7(b9/13)  A6
Não foi você quem quis     saber?
F7/A  D(add9)/A  Dm6(9)/A  A(add9) / /

Ano Novo

Chico Buarque
B°        
O rei chegou   
  Am7                     Bm7(b5)
   e já mandou tocar os sinos
E7        Am7                   Dm7
Na cidade intei___ra É pra cantar os hinos
G7       C                      Bm7(b5) E7(b9) Am7
Hastear bandeiras e eu que sou menino muito obedien__te
A7                Dm7
Estava indiferente Logo me como___vo
Bm7(b5)      E7(b9)        Am7  E7(b9)
Pra ficar conten_______te Porque   é Ano No___vo
Am7                   Bm7(b5)    E7      Am7
Há muito tem_po que essa minha gente vai vivendo a mu_que
Dm7           G7     C                Bm7(b5)
É o mesmo batente, é o mesmo batuque Já ficou descren_te
E7(b9)   Am7                     A7
É sempre o mesmo tru___que E quem já viu de pé
Dm7             Bm7(b5)  E7(b9)   Am7   A7
O mesmo velho ovo Hoje fica conten_te porque é Ano Novo
Dm7                    A7              Dm7
A minha ne___ga me pediu um vesti__do novo e colorido
G7        
Pra comemorar  eu disse:
C                      B7                   E7(9)
Fin_ja que não está descal__ça Dance alguma val_____sa
Dm7                    Gm6/Bb
Quero ser seu par E ao meu amigo que não vê mais gra___ça
A7        Dm7                    G7
Todo ano que pas___sa Só lhe faz chorar
C                   B7 
Eu disse: Ho_mem, tenha seu orgu__lho
E7                        B°
Não faça baru__lho O rei não vai gostar
Am7                Bm7(b5) 
E quem for ce___go veja de repen_______te
E7       Am7
Todo o azul da vi___da
Dm7       G7      C
Quem estiver doente Saia na corri_da
Bm7(b5)           E7(b9)     Am7
Quem tiver presen_______te Traga o mais  visto___so
A7                Dm7
Quem tiver juízo Fique bem dito___so
B7                   E7
Quem tiver sorri__so Fique lá na fren__te
Am7                    Bm7(b5)
Pois vendo valente e tão leal seu po_______vo
E7                     Am7
O rei fica contente Porque é Ano Novo

Agora falando sério

Chico Buarque
Em     Am    Em          Am            B7
Agora falando sério Eu queria não cantar
E        
A cantiga bonita 
       E(#5)            D7
Que se acredita que o mal espanta
G      
Dou um chute no lirismo,
F#7                   B7
um pega no cachorro e um tiro no sa__biá
D7                  G     
Dou um fora no violino,
F#7                    B7
faço a mala e cor___ro pra não ver banda  passar
 Em     Am    Em          Am            B7
Agora falando sério Eu queria não mentir
E                   E(#5)              D7
Não queria enganar, driblar, iludir     tanto desencanto
G     
E você que está me ouvindo
F#7  
Quer saber o que está havendo
B7
com as flores do meu  quintal?
D7                    G    
O amor-perfeito, traindo,
F#7                      B7
a sempre-viva, morrendo, e a rosa, cheiran__do mal
Em     Am    Em          Am           B7
Agora falando sério Preferia não falar
E             E(#5)          D7
Nada que distraísse o sono difícil, como acalanto
G       
Eu quero fazer silêncio
F#7                  B7
Um silêncio tão doente do vizinho reclamar
D7                   G                         F#7    
E chamar polícia e médico e o síndico do meu prédio
B7
pedindo para eu cantar
 Em     Am     Em   
Agora falando sério
Am            B7              Em Am Em
Eu queria não cantar, falando sério
Em     Am     Em   
Agora falando sério
Am           B7              Em Am Em
Preferia não falar, falando sério

Amando sobre os jornais

Chico Buarque
G7M   G/F     C/E  
Amando noites afora 
Cm/Eb     E/G# G#°       A/C#  B/D#
Fazendo a cama sobre os jornais
G7(9)         F#m7(b5)  B7(b9)  
Um pouco jogados fo______ra   
    Em7    A7      Dm7(9)
Um pouco sábios demais
G7/4(9) G7(9)   C7M           C#m7(b5)    
Esparramados no mundo 
F#7(b13)  Bm7(9) F7(9)      E7/4   E7
Molhamos  o mundo       com delícias
Am7(9)                  Eb6   D7     A/C#   Cm6 G(add9)
As nossas peles retintas  de notícias
 G7M   G/F      C/E   Cm/Eb    E/G#   G#°      A/C#  B/D#
Amando noites a fi__o Tramando coisas sobre os jornais
G7(9)             F#m7(b5) B7(b9)   Em7    A7    Dm7(9)
Fazendo entornar um ri___o        E arder os canaviais
G7/4(9) G7(9)     C7M          C#m7(b5)      
Das páginas flageladas 
F#7(b13)     Bm7(9) F7(9)      E7/4   E7
Sorrimos, mãos dadas       e, inocentes
Am7(9)                  Eb6  D7      A/C#    Cm6 G(add9)
Lavamos os nossos sexos  nas enchentes
 G7M   G/F      C/E   Cm/Eb    E/G#   G#°     A/C#  B/D#
Amando noites a fundo Tendo jornais como cobertor
G7(9)          F#m7(b5) B7(b9)   Em7  A7        Dm7(9)
Podendo abalar o mundo         No embalo do nosso amor
G7/4(9) G7(9)      C7M            C#m7(b5)  
No ardor de tantos abraços
F#7(b13)  Bm7(9)  F7(9)     E7/4   E7
Caíram    palácios, ruiu um império
Am7(9)                  Eb6   D7      A/C#  Cm6 G(add9)
Os nossos olhos vidrados  de mistério

Amanhã, ninguém sabe

Chico Buarque
Am7 E7/G#      Am/G 
Ho__je,  eu que____ro 
  F#m7(b5)  F6  E7   A7 
Fazer o meu car_naval 
              D7(9) G7  C6(9) 
Se o tempo passou,  espe_____ro  
               D7(9)        Dm7 
Que ninguém me le___ve a mal 
         E7         Am7    E7/G# Am/G 
Mas se o samba quer que eu prossi____ga 
   F#m7(b5)      F6 E7   A7 
Eu não     contrari_o não 
                   Gm7 C7(9)   F7M 
Com o samba eu não com_pro  bri___ga 
                 Dm7       G7 
Do samba eu não a___bro mão 
 
   Dm7     G7       C7M 
Amanhã, nin__guém sa___be 
              A7      D7(9) 
Tra__ga-me um vi__olão 
  G7                  C7(9) 
An__tes que o amor aca_____be 
              F7      Bb6 
Tra__ga-me um vi__olão 
              E7      A7 
Tra__ga-me um vi__olão 
             D7 Dm7   Am 
Antes que o amor   aca__be 
 
Am7 E7/G#   Am/G 
Ho__je,   na____da 
   F#m7(b5)  F6  E7  A7 
Me cala este vi__olão 
            D7(9) G7  C6(9) 
Eu faço uma ba____tucada 
               D7(9)    Dm7 
Eu faço uma evo____lução 
      E7        Am7  E7/G#    Am/G 
Quero ver a tristeza de    par____te 
   F#m7(b5)     F6    E7    A7 
Quero     ver o samba ferver 
            Gm7     C7(9) F7M 
No corpo da porta-estandar___te 
             Dm7           G7 
Que o meu violão vai trazer 
 
   Dm7     G7       C7M 
Amanhã, nin__guém sa___be 
         A7      D7(9) 
Traga-me uma more_____na 
  G7                  C7(9) 
An__tes que o amor aca_____be 
         F7      Bb6 
Traga-me uma more___na 
         E7      A7 
Traga-me uma more__na 
             D7 Dm7   Am 
Antes que o amor   aca__be 
 
Am7 E7/G#   Am/G     F#m7(b5)    F6  E7    A7 
Ho__je,   pe____na seria     esperar em vão  
            D7(9) G7  C6(9) 
Eu já tenho uma   more____na  
               D7(9)    Dm7 
Eu já tenho um vi___olão  
        E7       Am7  E7/G#    Am/G 
Se o violão insistir, na    cer____ta  
    F#m7(b5)   B7        E7 
A morena ainda vem dançar  
       A7       D7(9)  
A roda fica aber_____ta  
      G7 
E a banda vai passar  
 
   Dm7     G7       C6(9) 
Amanhã, nin__guém sa_____be  
               A7      D7(9) 
No peito de um cantador  
        G7                 C7(9) 
Mais um canto sem____pre ca_____be  
            F7        Bb6 
Eu quero cantar o amor  
              E7        A7 
Eu que__ro cantar o amor  
             D7  Dm7  Am 
Antes que o amor aca____be 
             D7  Dm7  Am 
Antes que o amor aca____be 
             D7  Dm7  Am 
Antes que o amor aca____be 

Ana de Amsterdam

Rui Guerra
Ana de Amsterdam (1974) - Chico Buarque e Rui Guerra

Bm7(9)    
Sou Ana do dique e das docas
Da compra, da venda, da troca das pernas
Dos braços, das bocas, do lixo,
dos bichos, das fichas
A/G
Sou Ana das loucas
B
Até amanhã
A     B
Sou Ana, da cama
A      Am6      G7M
Da cana, fulana, sacana
Gm6    F#7(4)    B  A B
Sou Ana de Amsterdam
Bb7M
Eu cruzei um oceano
Am6        Em/G
Na esperança de casar
G°          G#/F#
Fiz mil bocas pra Solano
C#7/F#   F#7      B  A B  A B
Fui beijada     por Gaspar
Bm7(9)
Sou Ana de cabo a tenente
Sou Ana de toda patente, das Índias
Sou Ana do Oriente, Ocidente,
acidente, gelada
A/G
Sou Ana, obrigada
B       A
Até amanhã,     sou Ana
B       A       Am6        G7M
Do cabo, do raso, do rabo, dos ratos
Gm6   F#7(4)  B  A B
Sou Ana de Amsterdam 
Bb7M
Arrisquei muita braçada
Am6         Em/G
Na esperança de outro mar
G°           G#/F#
Hoje sou carta marcada
C#7/F#  F#7      B    A B  A B
Hoje sou   jogo   de   azar 
Bm7(9)
Sou Ana de vinte minutos
Sou Ana da brasa dos brutos na coxa
Que apaga charutos
Sou Ana dos dentes rangendo 
A/G
E dos olhos enxutos
B         A
Até amanhã,     sou Ana
B           A        Am6       G7M
Das marcas, das macas, das vacas, das pratas
Gm6  F#7(4)    B  A  B  A  B  Bm7(9)
Sou Ana de Amsterdam