quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Pavio da verdade

Déo
Pavio da verdade (samba, 1949) - Ataulfo Alves e Américo Seixas

Disco 78 rpm / Título da música: Pavio da verdade / Autoria: Seixas, Américo (Compositor) / Alves, Ataulfo, 1909-1969 (Compositor) / Déo (Intérprete) / Cópia (Acompanhante) / Orquestra (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Continental, 1949 / Nº Álbum 16040 / Gênero musical: Samba /

Pouco importa que me chame
De cruel, até de infame
Ou seja lá do que for
É despeito, eu compreendo
O pior é andar dizendo
Que já foi o meu amor

Gente assim da sua espécie
O desprezo é o que merece
Como você mereceu
Não me lance desafio
Você sabe que o pavio
Da verdade tenho eu

Do contrário qualquer dia
A tua biografia
Vai sair com nitidez
Porque não é com lirismo
Que se descreve o cinismo
De quem sabe o mal que fez

Veja lá se não me obriga
A desfazer tanta intriga
E provar por A mais B
Num puro e simples exame
Quem já fez papel infame
Se fui eu ou foi você . . .
Postar um comentário