sábado, 22 de novembro de 2008

Can-can no carnaval

Emilinha Borba
Can-can no carnaval (marcha/carnaval, 1966) - Carlos Cruz e Haroldo Barbosa - Interpretação de Emilinha Borba



Tem francesinha, no salão
Tem francesinha, no cordão
Ela é um sonho de mulher
Vem do Folie Berger.

Ulá, lá, tre biam
Maestro ataca o Can-Can
Ulá, lá, tre biam
Maestro ataca o Can-Can.

(bis)
Postar um comentário