sábado, 23 de fevereiro de 2008

Sarambá


Disco 78 rpm / Título da música: Sarambá / Autoria: Duque (Compositor) / Thomaz, J (Compositor) / Anjos do Inferno (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: Rca victor, 1945 / Nº Álbum 800318 / Gênero musical: Samba


Olha o sarambá
Ô tia
Olha o sarambá
Olha o sarambá
Ò nega
Olha o sarambá

Olha o sarambá
Ô tia
Olha o sarambá


Olha o sarambá
Ô nega
Olha o sarambá

Mon samba se dance toujours encadence
Petit pas par-ci, petit pas par-la
Il faute de l'aisance, beaucoup d'elegance
Le corps se balance, dançant le samba
Ô tia

Olha o sarambá
Ô tia
Olha o sarambá
Olha o sarambá
Ô nega
Olha o sarambá

Seu Julinho vem

Freire Jr.
A marchinha é quase uma peça de campanha de Júlio Prestes, candidato oficial a presidente da República, mas nem por isso deixa de ser saborosíssima. Fez grande sucesso no carnaval de 1929, e foi cantada numa revista teatral de abril do mesmo ano.

"Seu Toninho" é Antônio Carlos de Andrada, presidente de Minas Gerais (“terra do leite grosso”), que se recusava a aceitar a indicação de “Seu Julinho”, de São Paulo, rompendo com a política do café-com-leite - um mandato no Palácio do Catete para a elite paulista, outro para elite mineira -, que vigorou durante quase toda a República Velha. A referência ao Rio de Janeiro explica-se: o Rio era a capital do país, a sede do poder.

Seu Julinho vem (marcha, 1930) - Freire Júnior

Disco 78 rpm / Título da música: Seu Julinho vem / Autoria: Freire Junior (Compositor) / Francisco Alves (Intérprete) / Orquestra Pan American (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Odeon, 1929 / Nº Álbum 10373 / Gênero musical: Marcha


Ó Seu Toninho
Da terra do leite grosso
Bota cerca no caminho
Que o paulista é um colosso
Puxa a garrucha
Finca o pé firme na estrada
Se começa o puxa-puxa
Faz do seu leite coalhada

Seu Julinho vem, Seu Julinho vem
Se o mineiro lá de cima descuidar
Seu Julinho vem, Seu Julinho vem
Vem, mas custa, muita gente há de chorar

Ó Seu Julinho, tua terra é do café
Fique lá sossegadinho
Creia em Deus e tenha fé
Pois o mineiro
Não conhece a malandragem
Cá no Rio de Janeiro
Ele não leva vantagem



Fonte: Franklin Martins - Site Oficial - Conexão Política

Samba no Rocha

Sílvio Caldas
Samba no Rocha (samba, 1930) - Teobaldo Marques da Gama

Disco 78 rpm / Título da música: Samba no rocha / Autoria: Gama, Teobaldo Marques da (Compositor) / Sílvio Caldas (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: Victor, 1930 / Nº Álbum 33279 / Gênero musical: Batucada


Oi!
Mas que samba que tem no Rocha?
O que tem esse samba?
É
Samba escuro só tem cabrocha
Vou cair nesse samba (x2)


Samba de sanfona
Gaita, violão
Pandeiro de lona
Pratos de pirão (x2)

Samba de arrelia
Só dá gente bamba
Só pancadaria
Faz parte do samba (x2)

Quebra, quebra gabiroba

Januário de Oliveira
Quebra, quebra gabiroba (marcha/carnaval, 1930) - Plínio Brito

Disco 78 rpm / Título da música: Quebra quebra gabiroba / Autoria: Brito, Plínio (Compositor) / Januário de Oliveira (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: Columbia, 1930 / Nº Álbum 5183 / Gênero musical: Marcha


Ó quebra, quebra gabiroba
Eu quero ver quebrar
Ó quebra, quebra gabiroba


Eu quero ver quebrar
Ó quebra, quebra gabiroba
Eu quero só te amar
Ó quebra, quebra gabiroba


Eu quero só brincar
Ó quebra aqui e quebra lá
Eu quero ver quebrar

É no Rio de Janeiro
Que é a terra do amor
Só se vive sem dinheiro
Mas se goza com calor

É no Rio de Janeiro
Que é a terra do amor
Só se vive sem dinheiro
Mas se goza com calor