terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Porta estandarte

Geraldo Vandré
Porta estandarte (samba, 1966) - Geraldo Vandré e Fernando Lona

Intro: Em7/9 C#m5-/7

Em                        
Olha que a vida tão linda 
                    Am     D
   se perde em tristezas assim
Am                                        F        Em
Desce o teu rancho cantando essa tua esperança sem fim
                                    Am       D
Deixa que a tua certeza se faça do povo a canção
Am
Pra que teu povo cantando teu canto
     F          Em
Ele não seja em vão
                        C    B7  E7
Eu vou levando a minha vida enfim
    Am   D   G    B7
Cantando e canto sim
         Em           C      B7  E7
E não cantava se não fosse assim
  Am    D    G        E7
Levando pra quem me ouvir
    Am          B7          Em
Certezas e esperanças pra trocar
     Bm5-/7     E7             Am
Por dores e tristezas que bem sei
             Bm5-/7 E7 Am
Um dia ainda vão findar
               A#°
Um dia que vem vindo
         Em
E que eu vivo pra cantar
              C                   B7
Na avenida girando, estandarte na mão
        Em
Pra anunciar
Postar um comentário