domingo, 4 de janeiro de 2009

O cavaleiro

Geraldo Vandré
O cavaleiro (canção, 1966) Geraldo Vandré e Tuca

Bem no fundo do coração
Guardo há tempos um cavaleiro
Que ainda vou mandar pro norte
Vestido de boiadeiro

A caatinga é o seu lugar
Sua andança pra voltar
Esperança suas armas
Injustiças pra guerrear

Mas meu cavaleiro
Não vai se descuidar
Quem sai de uma seca brava
No mar pode se afogar

E há um mundo inteiro
Que espera ouvir falar
De um bravo cavaleiro
Que bem soube se guardar

Para um dia lá no sertão
E no mar e em teu coração
Sertanejo ou jangadeiro
Trazer paz para o Norte inteiro

O carango

Wilson Simonal
O carango (jovem guarda, 1966) - Nonato Buzar e Carlos Imperial

Copacabana carro vai zarpar
Todo lubrificado
Pra não enguiçar
Roda talalarga genial
Botando minha banca
Muito natural
S´imbora!...1, 2, 3

Camisa verde claro
Calça Saint-Tropez
E combinando com o carango
Todo mundo vê
Ninguém sabo o duro que dei

Pra ter fon fon
Trabalhei, trabalhei (2x)

Depois das seis
tem que acender farol
Garota de menor
Não pode ser sem sol
Ah!
Barra da Tijuca já mixou
A onda agora é
Deixar cair no Le Bateau
Simbora!...1, 2, 3

Garota saia curta
Essa onda é bem
E todo mundo no carango,
Não sobrou ninguém
Ninguém sabe o duro que dei

Prá ter fon fon
Trabalhei, trabalhei (2x)

Mas em São Paulo
Eu boto pra quebrar
Ah! Eu pego o meu carango
e vou pro Guarujá
Paro o carro em frente pro mar
Barra limpa bonequinha,
chega mais prá cá
Simbora!...1, 2, 3

Capota levantada
Pra ninguém nos ver
Um abraço e um beijinho
Isso é que é viver
Ninguém sabe o duro que dei

Prá ter fon fon
Trabalhei, trabalhei (5x)