sexta-feira, 16 de abril de 2010

Baianinho

Baianinho (Eládio Gomes dos Santos), compositor, nasceu em Salvador BA, em 3/9/1936. Começou em 1942 na banda de música da escola municipal, onde estudou, tocando clarineta e requinta.

Em 1946 mudou-se. para o Rio de Janeiro, indo morar no bairro de Cavalcanti. Juntamente com outros músicos, fundou em 1959 o G.R.E.S. Em Cima da Hora, integrando a ala dos compositores.

Em 1963, 1964 e 1973, a escola desfilou com sambas-enredo de sua autoria, respectivamente Insurreição pernambucana, Apoteose econômica e financeira do Império (ambos com Zeca do Varejo) e O sabor poético da literatura de cordel.

Em 1971 fez sucesso com o samba Ê baiana (com Fabrício da Silva, Ênio Santos Ribeiro e Miguel Pancrácio), gravado por Clara Nunes na Odeon. Em 1972 integrou o conjunto Os Cinco Só e no ano seguinte apresentou-se como cantor no Teatro Opinião, do Rio de Janeiro.

Obras

Ê baiana (c/Fabrício da Silva, Ênio Santos Ribeiro e Miguel Pancrácio), samba, 1971; O sabor poético da literatura de cordel, samba-enredo, 1973.

Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira - Art Editora - PubliFolha.
Postar um comentário