terça-feira, 14 de setembro de 2010

Alvorada das rosas

Patápio Silva
Alvorada das rosas (romança, 1904) - Júlio Reis

Júlio Reis (1870-1933) radicou-se no Rio de Janeiro, então capital do Império, e ingressou no serviço público como funcionário do Senado.Recortes selecionados pelo próprio registram que ele exerceu uma intensa atividade artística no Rio de Janeiro a partir da década de 80 do século XIX, quando começou a publicar suas composições.

A atividade de compositor e pianista intensifica-se na década seguinte, quando passa a integrar a elite intelectual do Rio de Janeiro - apresentava-se em concertos e recitais, algumas vezes acompanhado do irmão, o também pianista João Reis.

Entre as gravações do flautista Patápio Silva na antiga Casa Edison, consta a romança Alvorada das rosas de autoria de Júlio Reis:


Postar um comentário