sábado, 18 de setembro de 2010

Santa Catarina

Teixeirinha

Santa Catarina
Tom: F
Intor: F C7 F
C7 
Quero te saudar cantando minha Santa Catarina
F
Eu não fui nascido aí, mas tudo aí me fascina
C7
As tuas praias de mar majestosa obra divina
F
As montanhas verdejantes com a água do mar combina
Bb C7
Tua linda Florianópolis se espelha no verde mar
Bb F C7 F
Contrasta com a natureza e uma sereia a cantar
Bb C7
A lua derrama prata depois que a noite desce
Bb F C7 F
O sol se transforma em ouro depois que o dia amanhece
C7 
Linda Santa Catarina da extensão da grandeza
F
Tuas serras são encantos e os teus vales é só beleza
C7
Tuas cidades festivais não há sinal de tristeza
F
Tua gente me comove com tanta delicadeza
Bb C7
Tuas louras e morenas tem perfume da flor
Bb F C7 F
Canto Santa Catarina quase morrendo de amor
Bb C7
Mulher feia nesta terra não poderia nascer
Bb F C7 F
Dentro de tanta beleza só beleza pode haver
C7 
Meu povo catarinense, meu amigo, meu irmão
F
Faz divisa com o Rio Grande no meio do coração
C7
Catarinense e o gaúcho tem a mesma tradição
F
É só me estender o braço que eu te alcanço o chimarrão
Bb C7
Finco o espeto na divisa, carne gorda e bem assada
Bb F C7 F
Me alcance a tua farinha que alcanço a faca prateada
Bb C7
Tomamos o nosso vinho, selo da nossa amizade
Bb F C7 F
Brindamos Getúlio Vargas e Anita Garibaldi
Postar um comentário