sábado, 18 de setembro de 2010

Vai cantador

Teixeirinha

Vai Cantador
Tom: D
Intro: A7 D A7 D

D                   A7             D 
Ponteando sua viola lá vai indo o cantador
A7
Nos seus versos bem rimados vai cantando a sua dor
G D
Sua voz cheia de mágoa sai do peito sofredor
A7 D
Na sua melancolia eu ouvi quando dizia saudades de um grande amor.
A7
Vai cantador, desabafa tua mágoa, pra onde tu vais eu venho
D
Notes bem que eu também tenho, os meus olhos rasos d'água.
D              A7                 D 
Escuta minha tristeza no ponteio da viola
A7
Os acordes doloridos é o pouco que me consola
G D
Pareço um menino triste que ainda não teve escola
A7 D
Pareço com o jogador que jogou o próprio amor agora pede esmola.
A7
Vai cantador, tu vais voltar como eu quem vai atrás de guarida
D
Nos caminhos desta vida saudades nunca morreu.
D                   A7                 D 
Viola quando eu morrer vou te deixar de herança
A7
Pra aquela ingrata mulher uma dia terá lembrança
G D
De chegar na campa fria nem que seja por vingança
A7 D
Depositar uma flor para o triste cantador que eternamente descansa
A7
Vai cantador que de volta estou chegando não há consolo alem
D
Irás aonde eu fui também, também voltarás chorando.
Postar um comentário