quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Álvaro Sandim

Álvaro Sandim (circa 1862 Rio de Janeiro - 12/5/1919 Rio de Janeiro), compositor e trombonista, foi aluno do maestro Francisco Braga.

Em 1911, foi trombonista e diretor de harmonia na Sociedade Dançante Carnavalesca "Ninho do Amor", sediada em São Cristóvão. Dois anos mais tarde, deixou o "Ninho do Amor", passando a integrar o rancho "Flor do Abacate", instalado no Largo do Machado e grande rival no bairro do Catete do "Ameno Resedá".

Tornou-se o diretor de música da agremiação e no carnaval desfilava à frente da orquestra que reunia os melhores músicos da época, entre os quais o saxofonista Romeu Silva.

Em 1914, além de continuar dirigindo a orquestra, integrou como secretário a comissão de carnaval deste rancho, participando do planejamento e da escolha do enredo com que o "Flor do Abacate" iria competir no Dia de Ranchos.

Em 1915, compôs a polca Flor de abacate, considerada sua obra prima, na qual imortalizou o seu rancho, e que foi editada pela Casa Beethoven e posteriormente registrada na Biblioteca Nacional. Compôs ainda outras marchas-ranchos para o grupo, das quais infelizmente não se tem registro.

Ainda em 1915, integrou o "Terno Abacatense" em um baile promovido pela sociedade carnavalesca "Netinhos do vovô", em benefício do compositor Sinhô.

Obra

Corbeille, Flor de Abacate.

Fonte: Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira.

Nenhum comentário: