sábado, 6 de fevereiro de 2010

Boêmio 72

O nosso grande Nelson Gonçalves, infelizmente adepto das drogas desde 1966, mas já quase curado neste ano de 1972, ganha um incentivo de seu grande parceiro musical e amigo Adelino Moreira.

É o tal do "comportado" boêmio do ano de 1972, que volta pra casa, dorme cedo, acorda cedo, só bebe nos fins de semana... o termo "morou?" já fica assim tipo "é uma mora, bicho" do rei Roberto Carlos, tão amado como o nosso Nelson...


Boêmio 72
(1972) - Adelino Moreira

Boêmio, sou boêmio diferente
Que as sete sai pro batente
E noite vem pro jantar
Não deixo meu trabalho pra depois
Sou boêmio setenta e dois

Quem quiser pode imitar
Não faço apologia ao botequim
E só bebo umas e outras
Quando a coisa está pra mim
Mudei e mudei para melhor
Não é qualquer ré menor

Das cordas de uma viola
Que me faz perder a trilha
Que me faz mudar o rumo
Viola e amor
Eu tenho em casa pra consumo
Resumo:

Agora minha transa é diferente
Tenho amor e muita paz
Podes crer sou muito gente
Mas o mesmo visionário
Somando estrelas na mão
Sempre na minha com aquela curtição
Morou?
Bom mesmo, é ser boêmio como sou.

Besta é tu

Besta é tu (1972) - Pepeu Gomes, Luiz Galvão e Moraes Moreira
E                   B7
Besta é tu! Besta é tu!
E
Besta é tu! Besta é tu!
B7
Besta é tu! Besta é tu!
E
Besta é tu! Besta é tu!
B7
Besta é tu! Besta é tu!

Besta é tu!
E
Não viver nesse mundo
B7
Besta é tu! Besta é tu!

Besta é tu!
E
Se não há outro mundo...
B7
Porque não viver?
E
Não viver esse mundo
B7
Porque não viver?
E
Se não há outro mundo
B7
Porque não viver?
E
Não viver outro mundo...

E                E7/9
E prá ter outro mundo
A7M A6
É preci-necessário
G#m7   C#7/9
Viver! Viver contanto
F#m7          B7/9
Em qualquer coisa
Am7  D7/9       G7M G6
Olha só, olha o sol
Am7    D7/9   Bm5-/7 E7
O maraca domingo
Am7   D7/9   G7M G6
O perigo na rua...
Am7    D7/9     Bm7 E7/9
O brinquedo menino
Am7          D7/9
A morena do Rio
G7M              G6
Pela morena eu passo o ano
Am7
Olhando o Rio
D7/9
Eu não posso
Bm7      E7/9
Com um simples requebro
Am7             D7/9
Eu me passo, me quebro
Dm7 G7
Entrego o ouro...
C7M
Mas isso é só
Am7        F#m7    B7
Porque ela se derrete toda
F#m7         Dm7 G7
Só porque eu sou baiano
C7M
Mas isso é só
Am7        F#m7    B7
Porque ela se derrete toda
F#m7          E
Só porque eu sou baiano
B7
Besta é tu! Besta é tu!