terça-feira, 28 de setembro de 2010

Saxofone por que choras?

Saxofone por que choras? (choro, 1930) - Ratinho (Severino Rangel de Carvalho)

Em 1930, depois de uma excursão pelo interior com o poeta e folclorista Cornélio Pires, Severino Rangel de Carvalho, o Ratinho da dupla Jararaca e Ratinho, gravou ao saxofone alguns choros e valsas de sua autoria, entre os quais Saxofone, por que choras?, Guriatã de coqueiro, Cenira, Eu e eles.

Disco 78 rpm / Título da música: Saxofone por que choras? / Autoria: Carvalho, Severino Rangel de (Compositor) / Carvalho, Severino Rangel de (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: Odeon, 1930 / Nº Álbum 10656 / Lado B / Gênero musical: Choro

Dona Antonha


Dona Antonha (marcha/carnaval, 1930) - João de Barro

Carlos Alberto Ferreira Braga, o Braguinha, compositor, cineasta, dublador e cantor (Rio de Janeiro, RJ 29/3/1907 - 24/12/2006), cantava desde criança, acompanhado ao piano pela avó. Fez seus primeiros estudos em escola pública, de onde foi para o Colégio Santo Inácio, de padres jesuítas, e depois para o Colégio Batista, ali formando com os colegas um conjunto musical, o Flor do Tempo, onde adotou o pseudônimo de "João de Barro".

Ao se profissionalizar, o grupo alterou sua formação e nome, surgindo o Bando de Tangarás, ao qual aderiu outro morador de Vila Isabel, o jovem Noel Rosa.

Após realizar várias gravações com o grupo, Braguinha estreou em disco como solista em 1931, interpretando duas composições de Lamartine Babo, Cor de prata e Minha cabrocha. Logo depois, desistiu da carreira de cantor, já tendo estreado como compositor, com Dona Antonha, marcha gravada por Almirante para o Carnaval de 1930, pela Parlophon: "Ó dona Antonha...! / Ó dona Antonha...! / Tu tá ficando / Mas é mesmo sem-vergonha!..."..

Título da música: Dona antonha / Autoria: João de Barro, 1907-2006 (Compositor) / Bando de Tangarás, 1929-1931 (Intérprete) / João de Barro, 1907-2006 (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: Parlophon, 1930 / Nº Álbum 13108 / Gênero musical: Marcha




Fontes: Enciclopédia da Música Brasileira - Art Editora, 1998 SP; Dicionário Cravo Albin.