quarta-feira, 7 de março de 2012

Destaques de Março/2012

Vítor Martins, compositor (letrista) com viés romântico e dramático, dentre as inúmeras composições destacam-se os trabalhos ao lado do parceiro Ivan Lins, com quem também fundou um selo discográfico, Velas, responsável pelo lançamento de artistas como Lenine, Belô Veloso, Guinga, Chico César, entre outros. Em 1973,...Leia mais...

Jorge Aragão (Jorge Aragão da Cruz), compositor, cantor e sambista, nasceu no Rio de Janeiro, RJ, em 1 de Março de 1949. Como sambista, começou sua carreira na década de 1970, em bailes e casas noturnas. Como compositor, despontou em 1977, quando Elza Soares gravou sua composição Malandro (com Jotabê)....Leia mais...

Rosana (Rosana Fiengo), cantora, conhecida posteriormente como Rosanah Fienngo, nasceu e foi criada no bairro do Brás, São Paulo, em 7 de março de 1963. Com seu talento artístico precoce, começou a tocar teclado com 6 anos, incentivada pela tia pianista, Eda. Filha do músico Aldo Fiengo, começou a tocar teclado com 6 anos...Leia mais...

Nosso Sinhô do Samba - Parte 3 - Sinhô era temperamental. Um emotivo. Daí a tradição de brigão que dele ficou, ainda que as suas brigas não tivessem conseqüências maiores. Indispunha-se momentaneamente com os companheiros e logo esquecia para daí a pouco novamente provocar turras, ou topá-las se a provocação vinha...Leia mais...

Nosso Sinhô do Samba - Parte 4 - Sinhô não se considerava mulato. Numa terra de mulatos geniais, o sambista não topava a classificação. Dizia-se com certa ufania “caboclo autêntico”. Tinha o pernosticismo característico dos homens de cor, sujeitos no seu tempo ainda a restrições vexatórias, de que se vingariam demonstrando inteligência...Leia mais...

O rei do Blues - B. B. King (Riley Ben King), guitarrista, pianista e cantor (vocalista) de Blues, nasceu em uma plantação de algodão, em Itta Bena, Mississipi, EUA, em 16 de setembro de 1925. O "B. B." em seu nome significa Blues Boy, seu pseudônimo como moderador na rádio WDIA. Teve uma infância difícil – aos 9 anos, o bluesman vivia...Leia mais...

Orestes Barbosa veio do morro - O cronista que toda a cidade conhece passou a sua infância no Morro do Arrelia, no Andaraí. Naquele tempo os sambas dos morros não desciam para a cidade. Não havia, ainda, as escolas, os blocos. Apenas os ranchos e os cordões mostravam por ocasião do Carnaval um pouco da música simples,...Leia mais...

O cantor e compositor Gilson (Gilson Vieira da Silva) é natural de Macau (RN) e aos 11 anos iniciou sua trajetória musical. Surge em 1978 como cantor profissional e faz sucesso a partir de 1979, através da música Casinha Branca (composta com Joran e Marcelo), trilha da novela Marrom Glace, que ficou quase um ano nas paradas...Leia mais...

Os musicistas populares esqueceram o Natal - Outrora quando as festas carnavalescas não começavam tão cedo como sucede hoje, em que desde novembro os rádios já estão lançando as modinhas que vão empolgar os foliões no tríduo de Momo, e a temporada do rei da galhofa tinha o seu verdadeiro início com os bailes de máscaras na noite...Leia mais...

Maria Adamastor - Seu nome verdadeiro, aquele com que firmava documentos e papéis oficiais, era Maria da Conceição César. Ganhou, no entanto, um apelido que, juntado ao seu prenome, passou, desde então, a identificá-la na vida comum mas, principalmente, nas lides carnavalescas: Maria Adamastor. E foi com essa antonomásia...Leia mais...

Ameno Resedá ressurge - Agremiação famosa na história do Carnaval carioca, pois que inovando os festejos de Momo deu-lhes muito de graciosidade a par de certo sentido artístico, o Ameno Resedá, em 1932, não pretendia voltar às ruas. Grêmio carnavalesco de gloriosas tradições, cognominado pela imprensa ‘rancho-escola’, já que...Leia mais...

Sandra de Sá (Sandra Cristina Frederico de Sá), cantora e compositora, nasceu no Rio de Janeiro, RJ, em 27 de agosto de 1955. Expoente da Música Popular Brasileira, com denso enfoque em black music mundial. Carioca do subúrbio de Pilares, é considerada a rainha do soul brasileiro. É chamada por alguns...Leia mais...

As Pastorinhas - Uma tradição que desapareceu - Alguns dias antes do Natal já as pastorinhas traziam para as ruas da cidade o seu cortejo álacre de mocinhas e rapazes que cantavam e caminhavam dançando ao som das melodias que entoavam. Era uma tradição que vinda dos Estados se ambientava aqui na capital e dava uma nota ...Leia mais...

Noel, o cantor mais expressivo da MPB - Pode-se dizer, com segurança absoluta, que Noel Rosa foi um dos maiores cultores de nossa música popular. Quando se escrever uma história certa, precisa e bem analisada, da música ligeira carioca nas suas diversas modalidades denominadas, genericamente, samba e marcha, mas que dentro do ritmo...Leia mais...
Postar um comentário