sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Destaques para Fevereiro/2014

Agripina para os fãs de 1935 ...
Agripina (Agripina Duarte da Fonseca, conforme o Dicionário da MPB, ou Agrippina de Jorge Maia, segundo a revista "Carioca", de janeiro de 1936), cantora, nasceu em Dois Córregos, SP, em 07/11/1918, e faleceu em São Paulo, SP, em 13/08/1979. Iniciou a carreira artística...
 
Agripina, a cantora predileta de São Paulo
“Agripina conseguiu em São Paulo o que talvez nenhuma outra cantora de rádio até hoje tenha obtido: ser considerada “hors-concours”. Se se fizesse aqui um torneio entre as artistas de rádio, para saber qual a mais simpática ou qual a voz, ou qual a mais querida, o resultado...
 
Alzirinha, a professora do rádio
"De Alzirinha Camargo, presente de Natal que São Paulo enviou ao “broadcasting” carioca, só se pode dizer que é uma vitoriosa. A sua atuação ao microfone da Rádio Tupi, desde aquela noite em que lançou o “Querido Adão”, tem sido uma série sucessiva de triunfos. Cantora de...
 
Paulistas de Itararé
Como sorriem Elvira e Rosina, as "Irmãs Pagãs" - Fotos de Edmond - Carioca, 1935. Irmãs Pagãs, — serão pagãs mesmo? — É esse, sem dúvida, um dos mais originais e sugestivos pseudônimos adotados por gente do rádio. Esse duo que os leitores de CARIOCA tantas vezes têm admirado...
 
Dois apitos: Joubert de Carvalho
Vida do compositor e médico Joubert de Carvalho, e linda sua declaração sobre a "Medicina" e a "Música". Nasceu em Uberaba, MG, em 6/3/1900, nunca bebeu, nunca foi boêmio, bares e botequins jamais o atraíram.  Homem culto e refinado, foi muito talentoso e um dos pioneiros no...
 
Dois apitos: Benedito Lacerda
"Dois apitos" era a expressão, nos anos de 1930, de quem tinha duas profissões paralelas. Benedicto Lacerda, desculpem, Benedito Lacerda, instrumentista (exímio flautista), compositor e regente, nascido em Macaé, Rio de Janeiro, em 14/3/1903, foi um dos "monstros sagrados", ao...
 
Lan e os músicos de 1950
Lançou "Aquarela do Brasil" e chamou o Brasil de "mulato inzoneiro". O Flávio Cavalcanti disse que isso é a mesma coisa que "mestiço intrigante" e o mineiro de Ubá ficou louco da vida. O Flávio até tentou se desculpar, indo na casa dele. O Ary comprou um cão policial e o...
 
Dois apitos...
Gastão Formenti Gastão Formenti e Moreira da Silva? Dois cantores em atividades duplas no ano de 1935. O primeiro, já um consagrado intérprete, artista, pintor de quadros. O segundo, chofer de ambulância e iniciando a futura e duradoura carreira de mestre-cantor do...
 
Lair de Barros: a sedução do microfone
A cantora Lair de Barros num artigo da "Carioca". A entrevista foi publicada em 16/11/1935 e transcrevo na ortografia da época:   “Lair de Barros é uma figura ainda nova no radio carioca. Surgiu ha pouco menos de um anno no “Programma das Donas de Casa”, da Mayrink. Hoje é...
 
Martinez Grau
"Carioca", de 1/2/1936 Martinez Grau (Afonso Martinez Grau), compositor e maestro, nasceu em São Paulo, SP, em 24/05/1897, e faleceu, na mesma cidade, em 05/12/1963. Considerado um brilhante regente e harmonizador, foi compositor de óperas, operetas, revistas e trechos...
 
Alô, alô, André Filho
“Bamboleio”, “Alô, Alô”, “Cidade Maravilhosa”, como cartaz de um compositor, já não é mal.... Poderíamos juntar dezenas de outros sucessos, em sambas, marchas, canções, valsas, e teríamos o perfeito retrato de André Filho, compositor dos mais antigos do nosso meio radiofônico...
 
Mário de Azevedo
Mário de Azevedo, pianista, nasceu em Cachoeiro do Itapemirim, ES, em 18/1/1905, e faleceu no Rio de Janeiro, RJ, provavelmente em 1985. Iniciou a carreira artística, como era comum até o final da década de 1920, como pianista de casas de músicas como Pinquim, Viúva Guerreiro,...
 
Os três Barbosa
O cantor, o compositor e o engraçado... Três, — diz um provérbio, — o diabo os fez... Isto, certo, não se aplica as “trincas” que se apresentam no “broadcasting” brasileiro. Quem não sabe, por aí, da existência das três Miranda, — Carmen, Aurora e Cecília? Das três...
 
Herivelto Martins - Dicionário Ilustrado
Herivelto Martins é um compositor dos mais irregulares. De repente ele acerta e mete lá um samba de grande classe; mas com a mesma facilidade larga na praça cada bomba de encabular o próprio Getúlio Macedo, que é o Barreto Pinto dos compositores. Desde que lançou aquele...
 
Maysa - Dicionário Ilustrado
Maysa (Perdi meu pente) Matarazzo é Bonjardim de nascença, mas por melhor jardim que ela seja, ser Matarazzo é melhor. Começou a cantar em casa, como todos nós, aliás. Depois — já então casada com Andrezinho Matarazzo — começou a fazer suas musiquinhas e cantar em festinhas...
 
José Vasconcelos - Dicionário Ilustrado
José Vasconcelos — Zé do Vasco para os mais íntimos — é Fluminense, embora do Vasco. É torcedor dos mais apaixonados e aos domingos, enquanto representa, bota um rádio na coxia para ficar sabendo como que é que vai o tricolor no campo. E se o Fluminense faz um “goal” ele pula...

Pixinguinha - Dicionário Ilustrado
Pixinguinha, ou melhor, Alfredo da Rocha Viana, é muito justamente considerado o mais puro representante da música popular brasileira tendo mesmo — certa vez — o sociólogo Jeff Thomas chamado o Pixinga de “figura mestra do folclore” o que, está claro, é uma besteira bastante...
 
Fernando Lobo - Dicionário Ilustrado
Fernando Lobo, antes de ser Fernando Lobo, era Castro Lobo, violinista e cantor, vejam vocês! Nasceu em Pernambuco, foi criado em Campina Grande e capinou para o Rio ainda mocinho, cidade onde viria a se tornar um dos mais populares autores do samba “Ninguém me ama”....
 
Cauby, o ídolo da juventude brasileira
Foi noutro dia. O Paulo Gracindo, que é um dos maiores gozadores deste país de gozadores, já tinha, maquiavelicamente, imaginado tudo. Chamou o Cauby Peixoto — que vocês devem conhecer ao menos de nome — e propôs: — Cauby, você vai ser o ídolo da juventude brasileira!...
 
Manezinho Araújo - Dicionário Ilustrado
Manezinho Araújo — Cem quilos bem arredondados de simpatia — veio de Pernambuquinho Imortal depois de ter se tornado lá um continuador de Minona Carneiro, o grande fazedor de emboladas do nordeste. Manezinho veio numa época mais amena, quando o rádio ainda era uma criança....
Postar um comentário