quinta-feira, 23 de março de 2006

Santa

Chiquinha
Santa (Chiquinha Gonzaga) - Interpretação de Zélia Duncan



Creio no bem, creio em ti, / Quando teu lábio sorri.
Falas e me parece... / Que a tua voz é uma prece.


Creio no bem, creio em ti, / Quando teu lábio sorri.
Falas e me parece... / Que a tua voz é uma prece.


Ah, ahahaha... / Quem de ti pudera levar.
Ah ah haha... / Para te por num altar.
Postar um comentário