quarta-feira, 12 de abril de 2006

Gigliola Cinquetti


Gigliola Cinquetti nasceu em Verona em 1947 e começou a cantar aos dezesseis anos em 1963, vencendo o concurso "Voci Nuove Di Castrocaro". Um ano depois participou do Festival de San Remo com a célebre canção Non ho l'etá, recebendo a primeira colocação. Gigliola Cinquetti fez tanto sucesso que a RAI decidiu fazer um especial em três etapas no final dos anos 60.

Em 1969, Cinquetti protagonizou a transmissão de rádio "La Bella e La Bestia", junto com Paolo Vilaggio. Mas o grande destaque de Gigliola Cinquetti foi a interpretação da canção Dio como ti amo. Com esta canção ela vendeu milhares de discos em toda Europa.

Mais tarde Gigliola casou e ficou vários anos afastada dedicando-se à família e ao casamento. Em 1981, voltou na mídia como jornalista, escrevendo uma coluna semanal para um jornal. Em 1982, apresentou junto com Enzo Tortora o programa "Portobello", cantando e dançando o "twist". Em 1991, conduziu um talk show na televisão de Montecarlo. No mesmo ano apresentou a edição do "Euro Festival".

Veja também



Fonte: Bella Italia - http://www.italianoar.com/

12 comentários:

  1. Sempre tive curiosidade de conhecer esta cantora fantástica. E somente através da internet é que tive esta oportunidade. Não entendo como o público de hoje valoriza tantas músicas inúteis e sequer falam nesta cantora tão maravilhosa que é a Gigliola Cinquetti.
    O mundo precisa mais de músicas no estilo a la Gigliola.

    ResponderExcluir
  2. não imaginava que a cantora de 'Dio come te amo' fosse tão linda.
    A musica é maravilhosa, a cantora então...

    ResponderExcluir
  3. quando eu tinha 16 anos de idade esta maravilhosa cantora italiana tinha 23 anos foi assistir dio come te amo e fiquei apaixonado por ela,apaixonado de amor .gostaria de conhece-la pessoal.

    ResponderExcluir
  4. "Dio, Come Ti Amo" no Cine Araruna

    Foi no final dos anos 1960 ou início dos anos 1970 que tive o privilégio de assistir, no majestoso Cine Araruna (Araras-SP), a esse grande clássico do cinema mundial "Dio, Come Ti Amo", com a romântica cantora e artista principal Gigliola Cinquetti. Muitas recordações de minha mocidade me vieram à mente... Quanta saudade... É uma raridade... Um romance tão bom quanto "Candelabro Italiano", "A Princesa e o Plebeu", "Dr. Jivago", "E o Vento Levou...", entre tantíssimos outros. Há mais de 30 anos comprei a fita K7 de "Os Grandes Sucessos de Gigliola Cinquetti", de 1968, e há pouco tempo o adquiri também em CD. Fazia anos procurava em DVD e finalmente o encontrei. MAGNÍFICOS!!!

    Ah!, graças a Deus, o "PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE", GIGLIOLA CINQUETTI, continua cantando e encantando com sua bela voz, bela música, simpatia..., mundo afora!!!

    Feliz Santo Natal e Feliz 2011 a todos vocês!!!

    P.S.: A belíssima canção, histórica, "Non ho l'età" foi a primeira de Gigliola que lhe deu a vitória no Festival de Sanremo de 1964, e faz parte da trilha sonora do filme "Dio, Come Ti Amo". Assista Storia del Festival di Sanremo: http://www.international.rai.it/raitalia.tv/programma.php?cat=10&id=1271

    ResponderExcluir
  5. Realmente estou realizando um sonho...ouvir Gigliola cinquetti após tanto tempo. Que Deus dê a esta magnífica cantora muitos anos de vida e saúde para que continue a nos deliciar com sua melodia maravilhosa.

    ResponderExcluir
  6. Lembrei-me desta canção maravilhosa e tive belas recordações da minha adolescência.

    ResponderExcluir
  7. Flory Guedes, médico, Porto Alegre/RS
    NON HO L'ETÀ e uma canção esplendorosa e mexeu muito comigo desde há alguns dias. Tanto que estou decorando a letra em italiano e cantando com um amigo num Centro de Formação de Condutores, aqui na capital. Incrível, não? Sou perito examinador do DETRAN.
    Como a passagem do tempo é triste! Gigliola já está com 63 anos e como eu gostaria de conhecê–la pessoalmente! Ela teve filhos? Com que felizardo casou? Um beijo, Gigliola. Aceitas?

    ResponderExcluir
  8. Hoje estou a 170 Km de Gigliola Cinqueti. e não sei se vou chegar a Verona e poder vê-la. Temos a mesma idade, eu de março e ela de novembro, e desde meus 16 (meu e dela) que a tenho como minha musa.
    Eu estava no Brasil e apenas sonhava, um sonho tênue, distante. Hoje estou em Itália, em Milão, mais precisamente. Tão perto e tão longe, pois não sei se o sonho de conhecê-la poderá ser realizado. Fico feliz em saber que é feliz! Gigliola, se voce ler este post, saiba que tem alguem que te ama muito e te admira como artista que és.

    ResponderExcluir
  9. RECORDAR E VIVER MESMO HOJE AOS 50 ANOS TENHO O PRIVILEGIO DE VOLTAR AO PASSADO E ME EMBALAR A VOZ DESSA GRANDE CANTORA MAGNIFICO SEU TRABALHO EM TRAZER A TONA CANTORAS DESSE NIVEL PARABENS REALMENTE VOLTEI AO PASSADO UM ABRAÇO

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde. Como é bom saber notícias de Gigliola. Eu a conheci em 1978 quando ela esteve aqui no Brasil. Assisti a um show maravilhoso em São Paulo. Aquele rostinho angelical e a voz suave encantou a mim e ao meu marido. Estive no começo deste mês na Itália e visitei Verona e lá me disseram que ela ainda canta. É uma pena não a vermos na TV. Sou sua fã incondicional. Obrigada pelas boas notícias e também pelo primor das músicas. Abraços.

    ResponderExcluir
  11. moises marinheiro São Paulo12 de outubro de 2012 22:01

    Tambem me traz de volta ima lembrança eterna para mim matamos aula para ir ao cinema,e éra para ser uma zoada só,entamos no cinema meio rápido poís a secção ia começar entramos e sentamos e começou o filme;e de repente éra um filme de romance.comentamos não é filme de ação dançamos mas já que estamos aqui vamos assisti-lo .finalizando foi um otimo filme ,o filme era Dio come ti amo,muito boa a estória e as musicas era otimas .Obrigado Gigliola Cinquetti pelo presente de ouvir naquela época a sua voz.Fique com Deus onde estiver m.m

    ResponderExcluir
  12. Esta linda cantora foi quem me inspirou tocar violão antes já fazia seresta no meu bairro nas noites de lua cheia assisti ao filme Dio come te amo aprendi a música e apaixonei muitas garotas da minha época adoro essa rainha.

    ResponderExcluir