sábado, 13 de maio de 2006

Prece de amor



Dalva de Oliveira
Prece de Amor (samba-canção, 1957) - René Bittencourt - Interpretação: Dalva de Oliveira

Ave Maria, amém
Pai Nosso, que estás no céu
Conservai o meu amor
Não permiti, por favor
Entre nós dois, um adeus
Afastai os inimigos da minha vida com ela
Conservai os olhos dela, dentro dos olhos meus.


Se acaso
Não for esse o meu destino
Por vosso manto divino
Dai-me um viver sem ninguém, para ser infeliz
Prefiro sentir saudade
Seja feita a vossa vontade,
Amém !
Postar um comentário