sexta-feira, 25 de agosto de 2006

Gabriela

Gabriela - Alvarenga e Ranchinho



Eu conheci Gabriela
Na festa da casa do seu Serafim
Quando eu olhei pra ela
Ela olhava pra mim
Moço fiquei vermelho
E ela mais crenca do que um jasmim
E eu olhava pra ela
Torci a gravata sorrindo assim

Depois eu vi Gabriela
Comprando na feira lá de Bom Jardim
Eu fui chegando pra ela
E fui dizendo assim
Minha flor Gabriela
Eu gosto de tu e tu gosta de mim
Ela baixou a cabeça
Com um dedo na boca sorrindo assim

Eu casei com Gabriela
E a festa foi paga por seu Serafim
Eu dei um beijoi pra ela
Ela deu beijo pra mim
Quando já era bem tarde
Que a festa já tava até dando fim
Os convidado passava
Olhando pra gente sorrindo assim

Eu garrei com Gabriela
Rumamo pra casa sozinho em fim
Quando pegamo no sono
O galo cantou assim
Quando acordei Gabriela
Já tava acordada olhando pra mim
E eu olhando pra ela
Os dois bem vermelho sorrimo assim

Nenhum comentário: