sábado, 8 de abril de 2006

Albertinho Fortuna

Albertinho Fortuna (Alberto Fortuna Vieira de Azevedo), cantor, nasceu em Porto, Portugal (28/10/1922) e faleceu em Niterói RJ (11/7/1995). Veio para o Brasil em 1934 e apresentou-se pela primeira vez na Rádio Sociedade Fluminense, de Niterói RJ, aonde havia sido levado pelo jornalista Gomes Filho, diretor do Liceu de Humanidades, onde estudava.

Sua estréia como profissional ocorreu em 1936, quando César Ladeira o apresentou na Rádio Mayrink Veiga, do Rio de Janeiro RJ, como "menino-revelação".

Deixando o rádio por algum tempo, depois da mudança de voz, voltou a apresentar-se na Tupi carioca durante dois anos, passando depois para a Rádio Educadora, e, finalmente, em 1940, para a Nacional, do Rio de Janeiro. Ao lado de Nuno Roland e Paulo Tapajós, integrou o Trio Melodia, formado para o lançamento do programa Um Milhão de Melodias.

Em 1945, gravou pela primeira vez, cantando numa das faces de um disco do sanfoneiro Pedro Raimundo, a valsa deste Meu coração te fala. Premiado no Carnaval de 1947 com seu primeiro e mais conhecido sucesso, Marcha dos gafanhotos (Eratóstenes Frazão e Roberto Martins), destacou-se mais tarde com a versão do tango Mano a mano (Carlos Gardel, J. Razzano e E. Flores, versão de Giuseppe Ghiarone), em 1952.

Entre seus LPs mais conhecidos, podem ser citados Prelúdio, Teu nome é amor e Tangos inesquecíveis, todos pela Continental.

Nenhum comentário: