sábado, 29 de abril de 2006

O trem atrasou

Incluído por Roberto Paiva em seu disco de estreia na Victor, "O Trem Atrasou" foi o primeiro grande sucesso de sua carreira. Descoberto numa pilha de partituras rejeitadas pela gravadora, o samba chamou a atenção do cantor principalmente pelo tema da letra, que reproduzia uma situação vivida constantemente pelos trabalhadores cariocas: "Patrão o trem atrasou / por isso estou chegando agora / trago aqui o memorando da Central / o trem atrasou meia hora / o senhor não tem razão / pra me mandar embora".

O próprio Roberto, ao tempo de estudante, quando morava no subúrbio de Riachuelo, teve várias vezes que recorrer a memorandos da Central para justificar atrasos de chegada ao colégio. Além de se destacar no repertório carnavalesco, "O Trem Atrasou" é uma das mais antigas canções de protesto de nossa música, tendo sido regravada por uma especialista do gênero, a cantora Nara Leão, no elepê "Cinco na Bossa", em 1965.

O Trem Atrasou (samba/carnaval, 1941) - Paquito, Estanislau Silva e Artur Vilarinho

Disco 78 rpm / Título da música: O trem atrasou / Autoria: Vilarinho, Artur (Compositor) / Silva, Estanislau (Compositor) / Paquito (Compositor) / Paiva, Roberto (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: Victor, 1940 / Nº Álbum 34704 / Lado B / Lançamento: 1941 / Gênero musical: Samba

Tom: D  

(intro) D      E7       A7     D       E7       A7

    D      Em7  A7  D
Patrão, o trem atrasou
    D            B7      Em
Por isso estou chegando agora
          Em        A7          Em
Eu trago aqui um memorando da Central
   A7     Em7    A7   D
O trem atrasou, meia hora
                  D
O senhor não tem razão
          Em7  A7   D
Pra me mandar    embora !

               A7
Senhor tem paciência
                D
Precisa compreender
                A7
Sempre fui obediente
                  D
Reconheço o meu dever
                    B7
Um atraso é muito justo
                Em
Quando há explicação
         G         D
Sou um chefe de família
   Bm7  Em7 A7    D
Preciso ganhar o pão.


Fontes: Instituto Moreira Salles - Acervo musical; A Canção no Tempo - Vol. 1 - Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello - Editora 34.
Postar um comentário