quarta-feira, 26 de abril de 2006

Patativa

Canção de Vicente Celestino (foto) do gosto declarado de uma considerável faixa da população brasileira por um tipo de música, qualificado em épocas posteriores de cafona, brega ou, indevidamente, de popular romântico.

Musicalmente, o contraste entre o modo menor da primeira parte e o maior da segunda é um expediente de grande efeito nesta área. Contudo, para muitos admiradores de Celestino, "Patativa" é considerada a sua melhor canção.

Patativa (canção, 1937) - Vicente Celestino

Disco 78 rpm / Título da música: Patativa / Autoria: Celestino, Vicente (Compositor) / Celestino, Vicente (Intérprete) / Orquestra Victor Brasileira (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Victor, 1937 / Nº Álbum 34188 / Lado A / Gênero musical: Canção


-------Em ----------B7----- Em------- E7
Acorda patativa vem cantar
-------Am ---------------------------Em
Relembra as madrugadas que lá vão
------B7----------------------- Em
E faz de tua janela o meu altar
-------Gb7 --------------------B7
Escuta a minha eterna oração


------Em----------- B7-------- Em---- E7
Eu vivo inutilmente a procurar
--------Am---------------------------- Em
Alguém que compreenda o meu amor
-------Am------------------------ Em
E vejo que é destino o meu sofrer
-------------------------Gb7
É padecer não encontrar
---------------B7----------- (Em B7 Em)
Quem compreenda o trovador

---------------E -----------B7-------- E
Eu tenho n’alma um vendaval sem fim
---------------------------------------B7
E uma esperança que hás ter por mim
O mesmo afeto que juravas ter
---------------------------------E
Para que acabe este meu sofrer

--------------------------B7-------- E
Eu sei que juras cruelmente em vão
----------------Db7----------- Gbm
Eu sei que preso tens o coração
---------------Am------------------- E
Eu sei que vives tristemente a ocultar
------------------B7-------------- ( E B7 E)
Que a outro amas sem querer amar

-------Em---------- B7-------- Em
Mulher o teu capricho vencerá
---------Am -----------------Em
E um dia tua loucura findará
-------B7 --------------------------Em
A Deus, a Deus minh’alma entregarei
-----------------Gb7 ----------B7
Se de outro fores juro morrerei

------Em ----------Am--- B7---- Em
Amar que sonho lindo encantador
----------Am --------------------------Em
Mais lindo por quem leal nos tem amor
-----Am --------------------------Em
E tu vens desprezando sem razão
-------------------------------Gb7
A mim que choro e busco em vão
-------------B7-------- Em
O teu ingrato coração



Fonte: A Canção no Tempo - Vol. 1 - Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello - Editora 34.
Postar um comentário