segunda-feira, 3 de abril de 2006

Paulista de Macaé

Frederico Rocha
O presidente eleito em 1926, Washington Luís, embora tivesse feito carreira política em São Paulo, nascera no Estado do Rio, na cidade de Macaé. Daí o título da música. Depois de quatro anos de estado de sítio sob Artur Bernardes, o novo governo foi recebido pelo povo com alívio e otimismo. Mesmo assim, há preocupação com a desvalorização do cruzeiro.

Três explicações: a) o Palácio do Catete também era chamado de Palácio das Águias; b) o Caju é um dos mais importantes cemitérios do Rio; c) Jahú é o nome do avião que realizou a primeira travessia aérea do Oceano Atlântico, entre a África e o Brasil, em 1927.

Há outra versão dessa mesma música, em que se faz elogios a Washington Luís e críticas a Artur Bernardes, que foi cantada na peça de teatro-revista “Prestes a chegar”, de Marques Porto e Luiz Peixoto. Diz ela: “Paulista de Macaé/ O homem de fato é/ E no Palácio das Águias, olé/ Com o povo ele pôs o pé/ Se a rua piso/ Com o sorriso/ Democrático/ Té me chamam de simpático/ E chego a encabular/ Isso porque vivo/ Tranquilo e não me aflijo/ E em vez de Ilha do Rijo/ Busco o seio popular”. Na ilha do Rijo, na Baía de Guanabara, funcionavam instalações da Marinha.

Paulista de Macaé (marcha, 1926) - Pedro de Sá Pereira

Disco 78 rpm / Título da música: Paulista de Macaé / Autoria: Pereira, Pedro de Sá, 1892-1955 (Compositor) / Frederico Rocha (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: Odeon, 1926 / Nº Álbum 123252



Nosso dinheiro, o cruzeiro, / Vai subindo,
Enquanto o câmbio vai caindo, / Dando ao povo o que falar.

E a oposição, / Que não perde a ocasião,
De respeito perde o jeito / E diz que a coisa vai quebrar.

Paulista de Macaé, / O homem de fato é.
E no Palácio das Águias, olé / Com o povo ele pôs o pé.

E a Prefeitura, / Sinecura desta terra,
Contra o qual o povo berra, / Faça chuva ou faça sol,

Tem um paulista / Pra que assista na cidade
Essa grande novidade / Que se chama futebol

E na Central / Que tanto morre altercaçando
E o povo vai camurçando / Direitinho pro Caju.

Se queres favor / Que mais arderam no concurso
Pelo ar vou viajar / Quando chegar o Jahú

Fonte: Franklin Martins - Site Oficial
Postar um comentário