quinta-feira, 4 de maio de 2006

Não me diga adeus

Contrastando com a animação de É com esse que eu vou, foi também grande sucesso no carnaval de 48 o canto pungente de Araci de Almeida em Não me diga adeus: "Não, não me diga adeus / pense nos sofrimentos meus / se alguém lhe dá conselho / pra você me abandonar / não devemos nos separar".

O fato, porém, não é exceção no repertório carnavalesco. Tristes como este samba-lamento fazem-lhe companhia vários sucessos de outros carnavais como Ai, que saudades da Amélia (42), Pastorinhas (38), Foi ela (35) e a valsa Pierrô e Colombina (15/16), isso para ficar apenas nos mais conhecidos.

Não me diga adeus (samba/carnaval, 1948) - Luiz Soberano, João Correia da Silva e Paquito

Disco 78 rpm / Título: Não me diga adeus / Autoria: Silva, J. Correia da (Compositor) / Soberano, Luiz, 1920-1981 (Compositor) / Paquito (Compositor) / Almeida, Araci de, 1914-1988 (Intérprete) / Lacerda, Benedito, 1903-1958 (Acompanhante) / Conjunto (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Odeon, 1947 / Nº Álbum 12826 / Lado B / Lançamento: 1948 / Gênero: Samba /
Am      G7             C          F7           E7      Am E7
Não. . . .  não me diga adeus / Pense nos sofrimentos meus
Am                                            Dm
Se alguém lhe dá conselhos / Pra você me abandonar......
Am         F          Am  E7     Am            F
Não devemos nos separar     /    Não vá me deixar  
    Am             F         Am           F       Am   E7
Por favor  / Que a saudade é cruel/ Quando existe amor
Am   G7                C       F7            E7       Am
Não . . . .não me diga adeus / Pense nos sofrimentos meus


Fontes: Instituto Moreira Salles - Acervo musical; A Canção no Tempo - Volume 1 - Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello - Editora 34.

Nenhum comentário: