quinta-feira, 4 de maio de 2006

Saudade de Itapoã

Saudoso de Itapoã, Dorival Caymmi canta a praia distante num de seus mais belos postais musicais da Bahia: "Coqueiro de Itapoã... coqueiro / areia de Itapoã... areia / morena de Itapoã... morena / saudade de Itapoã... me deixa!”. E, na segunda parte, propõe ao vento que se torne mensageiro de "Boas notícias daquela terra, toda manhã" e "Jogue uma flor no colo de uma morena em Itapoã".

"Saudade de Itapoã" foi lançada pelo compositor em abril de 48, num disco em que, contrariando sua vontade, era acompanhado por dois violões em ritmo de samba-canção. Os violonistas eram ótimos, mas, para as canções de Caymmi, o melhor mesmo é ele cantando e se acompanhando, com seu violão inconfundível.

Saudade de Itapoã (canção, 1948) - Dorival Caymmi

Disco 78 rpm / Título da música: Saudade de Itapoã / Autoria: Caymmi, Dorival, 1914-2008 (Compositor) / Caymmi, Dorival (Intérprete) / violões (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: RCA Victor, 05/11/1947 / Nº Álbum 800576 / Lado B / Lançamento: Abril/1948 / Gênero: Canção


A7+                  Bm 
Coqueiro de Itapoã, coqueiro 
            E7     A7+ 
Areia de Itapoã, areia 
                    Dm 
Morena de Itapoã, morena 
             E7       A7+ 
Saudade de Itapoã me deixa 
 
Oh vento que faz cantiga nas folhas 
    Bm 
No alto dos coqueirais 
                        E7 
Oh vento que ondula as águas 
 
Eu nunca tive saudade igual 
   A7/9-                                   A7+ 
Me traga boas notícias daquela terra toda manhã 
   A7/9                                    A7+ 
E joga uma flor no colo de uma morena de Itapoã 
 A7+                  Bm 
Coqueiro de Itapoã, coqueiro 
            E7     A7+ 
Areia de Itapoã, areia 
                    Dm 
Morena de Itapoã, morena 
             E7       A7+ 
Saudade de Itapoã me deixa 
    Bm    E7   A7+ 
Me deixa, me deixa... 

Fonte: A Canção no Tempo - Vol. 1 - Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello - Editora 34.
Postar um comentário