terça-feira, 14 de agosto de 2007

A lua e eu

Pioneiro do soul brasileiro, ao lado de Tim Maia e Hyldon, o cantor, músico e compositor Cassiano começou a tocar violão na adolescência, quando ganhava a vida como ajudante de pedreiro. Mais adiante, nos anos sessenta, passou a tocar nas noites do Rio e de São Paulo, porém sem jamais se firmar profissionalmente, em razão de seu comportamento irregular, igual ao do amigo Tim Maia. Faziam os dois o estilo “músico doidão”, segundo suas próprias palavras.

Em 1976, seis anos depois de seu primeiro sucesso, Primavera”, lançado por Tim, Cassiano voltaria às paradas com uma música ainda melhor, a balada “A Lua e Eu”: “Mais um ano se passou / e nem sequer ouvi falar seu nome / a lua e eu / caminhando pela estrada / eu olho em volta / e só vejo pegadas / mas não são as suas / eu sei... eu sei.”

Composta em 73, com o seu principal parceiro, Paulo Zdanowski, o Paulinho Motoka, na época com 19 anos, “A Lua e Eu” se destacaria na trilha da novela “O Grito”, da TV Globo, em que entrara por iniciativa do produtor Nelson Mota, daí se tornando uma das canções mais executadas no ano. Nascido em Campina Grande, na Paraíba, Cassiano chama-se Genival Cassiano dos Santos, sendo assim xará de outro artista campinense, o cantor Genival Lacerda, o que dá a impressão de ser o nome Genival muito comum naquela cidade (A Canção no Tempo – Vol. 2 – Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello – Editora 34).
A lua e eu (1976) - Cassiano e Paulo Zdanowski

Intro: A, F#m7, C#m7, Bm7/9
A                 F#m7  Cm7
Mais um ano se passou
C#m7               Cm7    Bm7        D    E
E nem sequer ouvi falar seu nome, a lua e eu
A                  F#m7  Cm7
Caminhando pela estrada
C#m7                   Cm7    Bm7
Eu olho em volta e só vejo pegadas
D           E        A           A6
Mas não são as suas, eu sei, eu sei, eu sei
(refrão)
D        E         A    C#m7  Bm7
O vento faz eu lembrar você
D          E           A  C#m7 Bm7 D     E
As folhas caem mortas como eu, a lua  e eu
A                   F#m7 Cm7
Quando olho no espelho
C#m7                   Cm7  Bm7
Estou ficando velho e acabado
D          E        D          E    A         A6
Procuro encontrar, não sei onde está você, você, você


Postar um comentário