sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Maria Chiquinha

Sônia Mamede
Maria Chiquinha (canção cômica, 1961) - Guilherme Figueiredo e Geysa Bôscoli - Intérpretes: Evaldo Gouveia e Sônia Mamede

Disco 78 rpm / Título da música: Maria Chiquinha / Bôscoli, Geysa (Compositor) / Figueiredo, Guilherme (Compositor) / Gouveia, Evaldo (Intérprete) / Mamede, Sônia (Intérprete) / Gravadora: RGE / Ano: 1961 / Álbum: 10.336 / Gênero musical: Canção cômica.



Quê que ocê foi faze no mato
Maria Chiquinha ?
Quê que ocê foi faze no mato...
-Eu precisava cortá lenha
Genaro meu bem
Eu precisava cortá lenha...

Quem é que tava lá com ocê
Maria Chiquinha ?
Quem é que tava lá com ocê...
-Era a fia de Sá Dona
Genaro, meu bem
Era a fia de Sá Dona...

Eu nunca vi muié de culote
Maria Chiquinha
Eu nunca vi muié de culote...
-Era as saias dela amarradas nas pernas
Genaro meu bem
Era as saias dela amarradas nas pernas...

Eu nunca vi muié de bigode
Maria Chiquinha
Eu nunca vi muié de bigode...
-Ela tava comendo jamelão
Genaro meu bem
Ela tava comendo jamelão...

No mês de setembro, não dá jamelão
Maria Chiquinha
No mês de setembro, não dá jamelão...
-Foi uns que deu fora de tempo
Genaro meu bem
Foi uns que deu fora de tempo...

Então vai buscá uns, que eu quero vê
Maria Chiquinha
Então vai buscá uns, que eu quero vê...
-Os passarinho, comero tudo
Genaro meu bem
Os passarinho, comero tudo...

Então eu vô, te cortá a cabeça
Maria Chiquinha
Então eu vô, te cortá a cabeça...
-Que é que ocê vai fazê do resto
Genaro meu bem ?
Que é que ocê vai fazê do resto....

O resto ?
Pode deixá que eu aporveito !
Postar um comentário