sábado, 22 de abril de 2006

Linda Morena

Lamartine
A partir do sucesso de "O teu cabelo não nega", cresceu bastante a presença da marchinha no repertório carnavalesco. Houve mesmo uma certa supremacia sobre o samba, que durou até o início dos anos quarenta. Assim, em 1933, reinaram quase sem concorrência "Formosa" (que era samba e virou marcha, por sugestão de Francisco Alves), "Good bye", "Segura Esta Mulher", "Moreninha da praia", "Trem Blindado", "Moleque indigesto", "Aí, hein!", "Boa Bola" e "Linda morena", as quatro últimas de autoria de Lamartine Babo

Ingênua, alegre, sentimental, bem representativa do estilo lamartinesco, "Linda Morena" foi um dos grandes sucessos do ano, tendo inspirado até várias paródias, o que na época valia como comprovante de popularidade de uma canção.

Linda morena (marcha/carnaval, 1933) - Lamartine Babo

Disco 78 rpm / Título da música: Linda morena / Autoria: Babo, Lamartine, 1904-1963 (Compositor) / Babo, Lamartine, 1904-1963 (Intérprete) / Mário Reis (Intérprete) / Grupo (Acompanhante) / Guarda Velha (Acompanhante) / Grupo da Velha Guarda (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Victor, 1932 / Nº Álbum 33614 / Gênero musical: Marcha /
F              D7     Gm
Linda morena,     morena
C7                   F
Morena que me faz penar
       D7               Gm      Bbm
A lua cheia que tanto brilha  
            F            C7      F
não brilha tanto quanto o teu olhar

                           Gm
Tu és morena, uma ótima pequena
                    C7              F
Não há branco que não perca até o juízo
                                Gm
Onde tu passas sai ás vezes bofetão
              C7                F
Toda gente faz questão do teu sorriso

                                Gm
Teu coração é uma espécie de pensão
          C7              F
de pensão familiar à beira-mar
                               Gm
Ó moreninha, não alugues tudo não!
          C7                F
Deixa ao menos o porão pra eu morar

                              Gm
Por tua causa já se faz revolução
C7                 F
Vai haver transformação na cor da lua
Gm
Antigamente a mulata era a rainha
               C7                  F
Desta vez, ó moreninha, a taça é tua!
Postar um comentário