quarta-feira, 19 de abril de 2006

A Noite do Meu Bem

Dolores Duran
Uma obra-prima do repertório romântico, “A Noite do Meu Bem” é o maior sucesso de Dolores Duran. Num ensaio para a série “História da Música Popular Brasileira”, a ensaísta Marilena Chauí comenta: “Dolores convoca na canção o universo para a sua noite como se a ela própria tudo faltasse para enfeitar a chegada desse bem tão demorado.”

É um primor de poema, cheio de feminilidade. Poucas vezes em nossas canções encontram-se imagens da beleza e originalidade de “paz de criança dormindo”, “abandono de flores se abrindo”, “alegria de um barco voltando”. “A Noite do Meu Bem” foi lançada em setembro de 1959 por Dolores, que não teve a oportunidade e conhecer-lhe o sucesso, pois morreu no mês seguinte. (A Canção no Tempo - Vol.2 - Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello - Editora 34).

A noite do meu bem (samba-canção, 1959) - Dolores Duran


Am                A7                  Dm
Hoje eu quero a rosa mais linda que houver
        E7               Am           Dm
E a primeira estrela que vier para enfeitar
               E7
a noite do meu bem


Am             A7                Dm
Hoje eu quero paz de criança dormindo
         E7                 Am
E o abandono de flores se abrindo
          Dm                 E7      A7
Para enfeitar a noite do meu bem


Dm          G7                 C
Quero a alegria de um barco voltando
          A7                     Dm
Quero ternura de mãos se encontrando
          G7                  C      E7
Para enfeitar a noite do meu bem


Am               A7                  Dm
Ah, eu quero o amor, o amor mais profundo
          E7             Am            Dm  
Eu quero toda beleza do mundo para enfeitar
               E7       A7
a noite do meu bem


Dm          G7                 C
Quero a alegria de um barco voltando
          A7                     Dm
Quero ternura de mãos se encontrando
          G7                  C      E7
Para enfeitar a noite do meu bem


Am             A7             Dm
Ah, como esse bem demorou a chegar
           E7              Am
Eu já nem sei se terei no olhar
        Dm       E7       F    Am
Toda pureza que quero lhe dar
Postar um comentário