segunda-feira, 8 de maio de 2006

Estrela do mar

Uma fábula de origem popular que explica o surgimento das estrelas-do-mar: um grãozinho de areia da praia se apaixona por uma estrela e nasce, mais tarde, a estrela-do-mar. A famosa lenda virou sucesso na voz de Dalva de Oliveira em 1951, quando gravou a marcha-rancho Estrela do Mar de Paulo Soledade e Marino Pinto: "Um pequenino grão de areia / Que era um pobre sonhador / Olhando o céu viu uma estrela / Imaginou coisas de amor... "

Estrela do mar (marcha-rancho, 1952) - Marino Pinto e Paulo Soledade - Intérprete: Dalva de Oliveira


Am                    Dm7 E7 Am                      A7   
Um pequenino grão de areia   / Que era um pobre sonhador
Dm7                     G7                          C   E7
Olhando o céu viu uma estrela / Imaginou coisas de amor
Am                   Dm7 E7 Am                A7
Passaram anos muitos anos / Ela no céu ele no mar
Dm7       A7           Dm7    E7                    Am
Dizem que nunca o pobrezinho / Pôde com ela se encontrar

   Dm7             G7             C7M              Am
Se houve ou se não houve / Alguma coisa entre eles dois
   Dm7            G7        C7M
Ninguém soube até hoje explicar
            Bm7/5-       E7            Am
          O que há de verdade é que depois
        F7            Dm7     E7       Am
Muito depois  /  Apareceu a estrela do mar
Postar um comentário