quinta-feira, 25 de maio de 2006

Quando as crianças sairem de férias



Quando as crianças saírem de férias (1972) - Roberto Carlos
G     
Quando chego em casa eu encontro
 
Minha turma esperando sorrindo
   Am
E lá vou eu
        Am 
De xerife ou de homem do espaço
             Am
No seu mundo esquecer o cansaço
       G
E o tempo vai.
                 G
Bem mais tarde o calor do seu beijo
 
Me envolve em amor e desejo
        Am
Mas o nosso amor
          Am
Não vai longe um deles lhe chama
Ele quer companhia e reclama
  G
E você vai
    G
E assim nosso tempo se passa
                                          C
Quando você retorna sem graça e eu me aborreço. 
G                              Am 
Quando as crianças sairem de férias
  C                             D7
Talvez a gente possa então se amar
     G
Um pouco mais. 
    G
Novamente o calor do seu beijo
 
Nos envolve no mesmo desejo
       Am
Mas o nosso amor
         Am
Dura pouco um outro agora
 
Põe a boca no mundo e chora
  G
E você vai
        G
Outra vez você volta sem graça
 
E outra parte do tempo se passa
             C
E eu me aborreço. 
G                            Am
Quando as crianças sairem de férias
       C                        D7 
Talvez a gente possa então se amar
      G
Um pouco mais. 
     G
Novamente o calor dos seus braços
Me acende e eu esqueço o cansaço
     Am
De esperar
     Am
A história é sempre assim
Já um outro chamando por mim
        G
E lá vou eu
     G
E assim outra noite se passa
 
Quando eu volto e fico sem graça
          C
Você já dormiu. 
G                            Am
Quando as crianças sairem de férias
      C                        D7
Talvez a gente possa então se amar
     G
Um pouco mais. 
 
 

Nenhum comentário: