segunda-feira, 12 de junho de 2006

Como uma onda (Zen surfismo)


Ironicamente, o primeiro grande sucesso do roqueiro Lulu Santos, foi um bolero, “Como Uma Onda”, inserido num disco de rock, O ritmo do momento, que vendeu noventa mil cópias.

Sub-intitulada “Zen-Surfismo”, a composição tem letra do jornalista Nelson Mota, que na época exercia também atividades ligadas à promoção de música jovem.

Com trinados produzidos eletronicamente, misturados a um discreto bandoneón e sons de clave e bongô, típicos da percussão caribenha, Lulu entoava: “Nada do que foi será / de novo do jeito que já foi um dia / tudo passa / tudo sempre passará / a vida vem em ondas / como um mar / num indo e vindo infinito...”

Antigo integrante do grupo Vímana, com Ritchie e Lobão, Lulu Santos embalou daí em diante uma carreira na área do rock nacional, com discos e shows de considerável popularidade (A Canção no Tempo – Vol. 2 – Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello – Editora 34).

Como uma onda (1983) - Nelson Mota e Lulu Santos
Tom: A

(intro 4x) A G# G  F G

A
Nada do que foi será
           C#m                    A
De novo do jeito que já foi um dia
        A/C#        Cdim     Bm F#7(9)
Tudo passa, tudo sempre passará
   Bm7          F#7(b13)  Bm7    Bb7(#11)  B7(13)
A vida vem em ondas, como o mar
             B7(b13)    E7(4)(9)  F7(4)(9) G7(4)(9)
 Num indo e vindo infinito

 A
Tudo que se vê não é
              C#m               A
Igual ao que a gente viu a um segundo
      A/C#        Cdim     D6 F#7(13) F#7(b13)
Tudo muda o tempo todo no mun... do
F/Eb
    Não adianta fugir
       A7M/E     G#7(9) F#7(9)    Bm7 C#m7 Dm7
Nem mentir pra si mes... mo     agora
                   C#m7
Há tanta vida lá fora
     G#7(9) F#7(9)  Bm7
Aqui den... tro    sempre

 F         G     A    A G# G F
 Como uma onda no mar
 F         G     A    A G# G F
 Como uma onda no mar
 F         G     A     A G# G F
 Como uma onda no mar
 F         G     A
 Como uma onda no...


Postar um comentário