segunda-feira, 12 de junho de 2006

Por quem sonha Ana Maria

Primeiro LP - 1960
Numa esperta jogada de marketing, Juca Chaves (Jurandir Czaczkes), lançou em pleno viaduto do Chá, em São Paulo (“quinto degrau, lado esquerdo de quem sobe, um barril de chope, alguns sanduíches e o povo como convidado”), o seu disco de estreia na RGE, que trazia os sambas “Presidente Bossa Nova” e “Tô Duro”. Nos dias seguintes, seu nome estava nas manchetes dos jornais, enquanto o disco (um 78 rotações) rodava na maioria das rádios. Iniciado assim, assim seria por toda a carreira o comportamento desse artista sui generis, crítico sarcástico e espirituoso da vida brasileira.

Meio superestimado nos anos de sucesso, Juca entrou em declínio ao deixar de ser novidade. Mas, em contraste com os sambinhas e baladinhas irreverentes, o “menestrel maldito” também criou canções de amor, entre as quais fez grande sucesso a modinha “Por Quem Sonha Ana Maria”: “Por quem sonha Ana Maria / quem lhe fez assim sonhar? / raia o sol e rompe o dia / Desmaia ao longe o luar.”

Uma das dez canções inspiradas pela musa juvenil (“uma menina gordinha, mas com uns olhos geniais”, assegura o compositor), “Por Quem Sonha Ana Maria” é uma balada singela, linear, de melodia e versos à moda antiga, peça obrigatória nos espetáculos do Juca (A Canção no Tempo - Vol. 2 - Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello - Ed. 34).

Por quem sonha Ana Maria (modinha, 1960) - Juca Chaves

LP As Duas Faces de Juca Chaves / Título da música: Por quem sonha Ana Maria / Chaves, Juca (Compositor) / Chaves, Juca (Intérprete) / Imprenta [S.l] RGE, 1960 / Álbum XRLP 5073 / Lado B / Faixa 4 / Gênero musical: Modinha.

Tom: G  

G              D7            G
Na alameda da Poesia chora rimas o luar
                        D7                      G
Madrugada . . . e Ana Maria sonha sonhos cor do mar
          G7         C
Por quem sonha Ana Maria,
       D7          G
nesta noite  de  luar.
                   D7                       G
Já se escuta a nostalgia de uma lira a soluçar
                    D7                    G
Dorme e sonha Ana Maria no seu leito de luar . . .
        G7           C
Por quem sonha Ana Maria,
         D7                 G
quem lhe está triste a cantar ?

                 D7                          G
No salão da noite fria vêem-se estrelas a cantar,
                D7                       G
Madrugada e Ana Maria sonha sonhos cor do mar,
        G7           C
Por quem sonha Ana Maria,
          D7          G
quem lhe faz assim sonhar ?

                   D7                        G
Raia o sol e rompe o dia, desmaia ao longe o luar,
                   D7                        G
Não abriu de Ana Maria inda a flor do seu olhar.
         G7         C
Por quem sonha Ana Maria,
       D7                   G
eu não sei . . .   nem o luar.
Postar um comentário