quarta-feira, 2 de agosto de 2006

Um homem chamado Alfredo

Toquinho
Am(add9)            Dm6/F
O meu vizinho do lado
E7         Am(add9)
Se matou de solidão
Em7(b5)
Ligou o gás, o coitado
A7(b13)         Dm7
O último gás do bujão
G7   G/F
Porque ninguém o queria
C7+
Ninguém lhe dava atenção
F#º  B7/F#
Porque ninguém mais lhe abria
Bm7(11)  E7
As portas do coração
Dm6/F
Levou com ele seu louro
E7            Am(add9)
E um gato de estimação
G7/D     G/F     Cº   C
Há tanta gente sozi...nha
E7/G#   E/D    Bb7    A7
Que a gente mal adivi.....nha
Dm7                 E7/G#    E/D
Gente sem vez para amar
Am/C               Am/G
Gente sem mão para dar
B7/F#
Gente que basta um olhar
F7   E7
Quase na...da
Dm7                   E7
Gente com os olhos no chão
Am7               Am/G
Sempre pedindo perdão
Bm7(b5)               E7
Gente que a gente não vê
Am7
Porque é quase nada
Dm6/F
Eu sempre o cumprimentava
E7      Am7
Porque parecia bom
Gm6/Bb   A7
Um homem por trás dos óculos
Dm7
Como diria Drummond
G7      G/F
Num velho papel de embrulho
C7+
Deixou um bilhete seu
B7/F#
dizendo que se matava
Bm7(b5)   E7
De cansado de viver
Dm6/F
Embaixo, assinado Alfredo
E7           Am7    Am7(9)
Mas ninguém sabe de quê.
Postar um comentário