sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Traumas

Traumas (1971) - Roberto Carlos e Erasmo Carlos

Intro: Gm Cm D Gm 2x

Cm
Meu pai um dia me falou pra que eu nunca mentisse
D                          Gm
Mas ele também se esqueceu de me dizer a verdade
Cm 
Da realidade do mundo que eu ia saber
D                              Gm 
Dos traumas que a gente só sente depois de crescer
G        Cm              F          Bb       
Falou dos anjos que eu conheci no delírio da febre que 
Gm
ardia
Cm                D                  Gm 
No meu pequeno corpo que sofria sem nada entender 
Cm    
Minha mulher em certa noite ao ver meu sono estremecido
D                               Gm 
Falou que os pesadelos são algum problema adormecido
Cm 
Durante o dia a gente tenta com sorrisos disfarçar
D                   Gm         
Alguma coisa que na alma conseguimos sufocar 
G         Cm                 F          Bb          
Meu pai tentou encher de fantasia e enfeitar as coisas que
Gm
eu via
Cm                 D                    Gm  
Mas aqueles anjos agora já se foram depois que eu cresci
G          Cm                 F              Bb 
Da minha infância agora tão distante, aqueles anjos no
Gm
tempo eu perdi
Cm                  D                 Gm 
Meu pai sentia o que eu sinto agora depois que cresci

Cm
Agora eu sei o que meu pai queria me esconder
D                         Gm 
Às vezes as mentiras também ajudam a viver
Cm
Talvez um dia pro meu filho eu também tenha que mentir 
D                          Gm
Pra enfeitar os caminhos que ele um dia vai seguir

G         Cm                 F          Bb          
Meu pai tentou encher de fantasia e enfeitar as coisas que
Gm
eu via
Cm                 D                    Gm  
Mas aqueles anjos agora já se foram depois que eu cresci
G          Cm                 F              Bb 
Da minha infância agora tão distante, aqueles anjos no
Gm
tempo eu perdi
Cm                  D                 Gm 
Meu pai sentia o que eu sinto agora depois que cresci
Postar um comentário