sábado, 15 de abril de 2006

Erasmo Carlos




Ao lado do parceiro Roberto, Erasmo Carlos um dos maiores nomes da Jovem Guarda, responsável pela vertente mais radical e roqueira do movimento que marcou a música brasileira nos anos sessenta.

Iniciou a carreira no Rio de Janeiro, cantando com o grupo The Snakes, com quem gravou o lp Twist, contendo clássicos do rock and roll americano, e alguns originais como Namorando, de Carlos Imperial.

Em 1962, passa a integrar o grupo Renato e seus Blue Caps, cantando no lp Renato e Seus Blue Caps, que traz Lobo Mau, Estrelinha e What'd I Say, em inglês.

Em 1964, abre o caminho para o sucesso com a gravação de Festa de arromba, composta em parceria com Roberto Carlos. Junto com Roberto Carlos e a cantora Wanderléia passa a comandar o programa Jovem Guarda, na TV Record, o mais importante programa de auditório dos anos sessenta.

Entre seus maiores sucessos destacam-se ainda Você Me Acende, O Homem da Motocicleta, Minha fama de mau, Vem quente que eu estou fervendo, Terror dos Namorados e Sentado à beira do caminho.

Em meados dos anos setenta, gravou dois excelentes álbuns - Erasmo e Projeto Salva-Terra, acompanhado dos principais músicos da época, como o baixista Liminha, os guitarristas Sérgio Dias (Mutantes) e Gabriel O'Meara (Peso) e o baterista Dinho (também Mutantes).

Com o fim da Jovem Guarda, prosseguiu gravando e incentivando as novas gerações de músicos, com participação em discos e shows, destacando-se os discos Erasmo Convida ..., com Rita Lee e A Cor do Som, entre outros, e Sou uma criança, não entendo nada, com João Penca e Os Miquinhos Amestrados, Paulo Ricardo, Paula Toller e Léo Jaime.

Seus quatro primeiros lp's - A Pescaria, Você Acende, Erasmo Carlos e Os Tremendões e O Tremendão, foram relançados recentemente. No final dos anos oitenta, regravou o hit A Carta em dueto com Renato Russo, cantor e compositor do grupo brasiliense Legião Urbana.

Algumas músicas

A carta - A cigana - A garota do baile - A montanha - A primeira vez - A semana inteira - Além do horizonte - Amada amante - Amante à moda antiga - Amigo - As baleias - As curvas da estrada de Santos - As flores do jardim da nossa casa - Café da manhã - Cama e mesa - Caminhoneiro - Cavalgada - Cento e vinte, 150, 200 kms p/hora - Close - Coqueiro verde - De tanto amor - Detalhes - É proibido fumar - Emoções - Eu disse adeus - Eu quero apenas - Eu te darei o céu - Fera ferida - Festa de arromba - Festa do Bolinha - Filho único - Fim de semana - Gatinha manhosa - Guerra dos meninos - Homem de rua - Ilegal, imoral ou engorda - Índigo blue - Jesus Cristo - Lady Laura - Mais um na multidão - Mesmo que seja eu - Meu grito - Meu querido meu velho, meu amigo - Mexericos da Candinha - Minha fama de mau - Mulher - Mulher de 40 - Na paz do seu sorriso - Não quero ver você triste - O bilhetinho - O caderninho - O côncavo e o convexo - O impossível - O progresso - O pica-pau - Oh! Meu imenso amor - Os seus botões - Parei na contramão - Por amor - Proposta - Prova de fogo - Quero que vá tudo para o inferno - Se você pensa - Sentado à beira do caminho - Sou uma criança, não entendo nada - Sua estupidez - Traumas - Vem quente que eu estou fervendo - Vista a roupa meu bem - Você é linda

Veja também

Postar um comentário