domingo, 24 de setembro de 2006

César Portillo de la Luz

César Portillo De La Luz, compositor, cantor e violonista nasceu em Havana, Cuba, em 31 de outubro de 1922. Começou como cantor amador aos 19 anos de idade. Mais tarde foi também pintor de paredes.

Em 1946 iniciou profissionalmente suas atividades artísticas com apresentações na Rádio Lavín e na emissora Mil Diez, onde por um tempo, tinha um programa próprio de canções.

Em 1956 passou a trabalhar no cabaré Sans Souci a frente de um pequeno grupo integrado pelo pianista Frank Domínguez, Alfredo León (no contrabaixo), Gastón Laserie (na bateria), e o trompetista Luis Ortellado. Posteriormente atuou nos cabarés Karachi, Chateau Piscina, Gato Tuerto e St. John. No "Pico Blanco" se apresentou por alguns anos junto com José Antonio Méndez.

Algumas de suas canções foram utilizadas em trilhas sonoras de filmes. Realizou recitais e conferências em diferentes centros culturais cubanos e estrangeiros sobre o surgimento e desenvolvimento da canção cubana, em especial temas relacionados com o movimento feeling, de que foi um dos fundadores.

Manteve na Rádio Progreso, por alguns anos, um programa chamado "Cita a las Cinco", onde interpretava obras suas e de outros autores. Sua música foi gravada por orquestras e cantores de diferentes países. Entre os seus primeiros intérpretes esteve o Conjunto Casino, no final da década de 40, e posteriormente os mais importantes conjuntos e cantores do continente.

Entre suas obras encontramos títulos como Ave de paso, Contigo en la distancia, Noche cubana, Nuestra canción, Delirio, Canto a Rita Montaner, Perdido amor, Sabrosón, Realidad y fantasía, Canción de un festival, La hora de todos, Al hombre nuevo, Amor es eso, Canción de los Juanés, Son al son e outras composições que revelam sua genialidade.

Com o ressurgimento do bolero na década de 80 do século XX, suas obras voltaram a ser gravadas por importantes figuras internacionais como Plácido Domingo, Luis Miguel, Caetano Veloso e a Orquestra Sinfônica de Londres.


Acesse aqui a relação de compositores e intérpretes de bolero

Bolero: Letras, Cifras e Músicas

Saiba sobre as origens do bolero


Fonte: SonCubano. Tradução: Everaldo J Santos.
Postar um comentário