sexta-feira, 1 de dezembro de 2006

Um copo de pinga

Titãs
A
Na segunda eu planto a cana
E
Na terça amanhece nascendo

Na quarta eu colho a cana
A
Na quinta eu faço o engenho

Na sexta eu faço a pinga
A7 D
No sábado eu amanheço bebendo
A E A
No domingo minha mãe disse meu filho pára de beber
D A E A
Essa sina eu vou cumprir até morrer
A
Da garrafa eu faço a vela
A7 D
Da prateleira eu faço o caixão
A E
Eu quero é que me enterrem com um copo de pinga na
A
mão
D A E
Eu quero é que me enterrem com um copo de pinga na
A
mão
Postar um comentário