sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Canção dos infelizes

Canção dos infelizes (canção, 1930) - Donga, Luiz Peixoto e Marques Porto

Disco 78 rpm / Título: Canção dos infelizes / Autoria: Donga, 1890-1974 (Compositor) / Peixoto, Luiz (Compositor) / Porto, Marques (Compositor) / Zaíra Cavalcanti (Intérprete) / Orquestra Pan American (Acompanhante) / Bountman, S (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Odeon, 1930 / Nº Álbum 10611 / Gênero: Canção


São as mulheres raízes
Com frontes muito elevadas
Umas são sempre felizes
Outras as mais desgraçadas

Há as que amam na vida
E as que só vivem amadas
Sofrem as mais esquecidas
Gozam as sempre lembradas

Eu que quis alguém que não me quis bem
Agora também não quero a ninguém
Dei meu amor, deixaram perder
Eu morro de dor, mas hei de esquecer

No coração das mulheres
Quando um amor se agasalha
Ou dá milhões de prazeres
Ou corta mais que navalha

Uma infeliz quando ama
Não há amor igual ao dela
Anda mais baixa que a lama
Ou sobe mais que uma estrela

Eu quis alguém
Que não me quis bem
Agora também não quero ninguém
Se meu amor, deixaram perder
Eu morro de dor, mas hei de esquecer
Postar um comentário