terça-feira, 18 de abril de 2006

Tu

Ary Barroso
Embora o forte de Ary Barroso sejam as melodias, vez por outra ele acertava em cheio nas letras, como acontece no samba-canção "Tu", uma das raras composições não carnavalescas a se destacarem em 1934.

Simples, quase uma miniatura, econômico até no título, "Tu" dá o seu recado de maneira sintética, em linguagem telegráfica, um primor de concisão ("O mais lindo luar: tu / a beleza do mar: tu..."), contrastando na forma e no bom gosto com o romantismo prolixo de tantas canções da época.

Tu!... (samba-canção, 1934) - Ary Barroso

Disco 78 rpm / Título da música: Tu!... / Autoria: Barroso, Ary (Compositor) / Sílvio Caldas (Intérprete) / Orquestra Victor Brasileira (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Victor, 1934 / Nº Álbum 33767 / Matriz 65948 / Lado A / Gênero musical: Samba-canção

 A7M        Bb0     Bm7 Bb7/9
Teu olhar é um sonho azul
A7M         Bb0             Bm7 Db7
Teu sorriso uma promessa louca
Gbm7         Ab7      Dbm7
Teus lábios duas jóias de coral
B7        Bm7           E7  Gbm7
No engaste sensual da tua boca
                  Bm7  D/E
O mais lindo luar, tu
A7M  G7  Gb7
A grandeza do mar, tu 
Só te quero a ti
B7
Só te sinto a ti
Bm7  E7  A7M
Só palpito por ti
Gb7       Bm7    E7  A
És minha vida, querida


A Canção no Tempo - Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello - Vol. 1 - Editora 34
Postar um comentário