quarta-feira, 17 de maio de 2006

Amanhecendo

Orlando Silva
Amanhecendo (choro, 1954) - Cícero Nunes, Arcênio de Carvalho e R. Lucas - Interpretação de Orlando Silva

Foi numa linda praia que eu encontrei
A mais linda morena que eu namorei
Estava tão linda deitada na areia
Tal qual uma sereia banhando-se ao sol
Jamais a minha mente se apagará
Aquela linda flor que vi em Paquetá
Que lindas madeixas, que pés de alabastro
Brilhava qual astro à luz de um crisol

Eu vi teu maio colorido
De um lido florido que me embeveceu
E o meu coração soluçando
Ficou esperando pois não esqueceu
Agora que o dia se aclara
Oh beleza rara
Eu fico a cismar
Mas guardarei na lembrança
A doce esperança
De um dia te encontrar

Nenhum comentário: