sexta-feira, 5 de maio de 2006

Cadeira Vazia

Alcides Gonçalves
Samba-canção de Lupicínio Rodrigues, um mestre do gênero. Teve a parceria de Alcides Gonçalves, mas o nome de Alcides não apareceu nem na edição impressa nem no selo do disco original de Chico Alves (Odeon 12986-A, de 2 de dezembro de 1949, lançado em março de 50, matriz 8606), o que provocou certo estremecimento entre ele e Lupi. O erro só foi corrigido posteriormente, em reedições deste registro em LP e CD (Fonte: Samuel Machado Filho - Youtube).

Cadeira vazia (samba-canção, 1950) - Lupicínio Rodrigues e Alcides Gonçalves

Disco 78 rpm / Título da música: Cadeira vazia / Autoria: Rodrigues, Lupicínio, 1914-1974 (Compositor) / Alves, Francisco (Intérprete) / Orquestra (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Odeon, 1949 / Nº Álbum 12986 / Lado A / Lançamento: 1950 / Gênero musical: Samba canção

Am7        Bm5-/7    E7   Am
Entra, meu amor, fica à vontade
Em5-/7  
E diz com sinceridade
A7     A/G      Dm/F Dm/E Dm
o que desejas de mim
B7/9-         E5+/7          Am7   Am/G
Entra, podes entrar, a casa é tua
   F#m5-/7         B7      E7+
Já te cansastes de viver na rua
       A/B               E7
E os teus sonhos chegaram ao fim
Am7        Bm5-/7 E7       Am7
Eu sofri demais quando partiste
                   Em5-/7
Passei tantas horas triste
A7     A/G        Dm7+  Dm7
Que nem quero lembrar esse dia
B7/9+       E5+/7            Am7
Mas de uma coisa podes ter certeza
F7                 A#7+
O teu lugar aqui na minha mesa
E7+               A7+
Tua cadeira ainda está vazia
C#7/9+      F#5+/7       Bm7
Tu és a filha pródiga que volta
G#m7       C#7-/9  F#m7
Procurando em minha porta
B7/9        D/E
O que o mundo não te deu
A7+           B4/7     B7      E7+
E faz de conta que sou teu paizinho
             C#m7               F#m7
Que há tanto tempo aqui ficou sozinho
    B7/9                 Bm7  E7
A esperar por um carinho teu
    C#7/9+        F#5+/7       Bm7
Voltaste, estás bem, fico contente
G#m7       C#7/9            F#m7
Mas me encontraste muito diferente
         A7/9            D7+
Vou te falar de todo coração
  G7/9                       A7+
Eu não te darei carinho nem afeto
G6/7        F#6/7                    B7/9
Mas pra te abrigar podes ocupar meu teto
           A#7+         D/E      A7+
Pra te alimentar podes comer meu pão
Postar um comentário