domingo, 18 de junho de 2006

Folhetim

Outra boa canção feminina de Chico Buarque, “Folhetim” focaliza a figura da prostituta que oferece os seus encantos — “Se acaso me quiseres / sou dessas mulheres / que só dizem sim...” —, tema idêntico ao da composição “Love for Sale”, de Cole Porter, proibida e depois liberada nos anos trinta.

Mesmo antes de terminá-la, para uma personagem da “Ópera do Malandro”, Chico já pensava em entregá-la a Gal Costa para gravar. Assim aconteceu, com Gal cantando-a acompanhada por músicos como Wagner Tiso, Perinho Albuquerque, autor do arranjo, e Jorginho Ferreira da Silva, em criativa intervenção ao sax-alto.

Escrita por Chico Buarque e baseada na “Ópera dos Três Vinténs”, de Kurt Weil e Bertolt Brecht, e na “Ópera dos Mendigos”, de John Gay, a “Ópera do Malandro” conta a história de dois malandros rivais (Max e Duran) e apresenta uma alentada trilha musical em que se destacam, além de “Folhetim”, canções como “Homenagem ao Malandro”, “O Meu Amor” e a intrigante “Geni e o Zepelim”. Diga-se de passagem que a “Ópera dos Mendigos”, uma sátira à sociedade inglesa do século XVIII, é considerada uma obra revolucionária por ter levado canções populares para o teatro operístico (A Canção no Tempo – Vol. 2 – Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello – Editora 34).

Folhetim (1978) - Chico Buarque
Intr.: C6 / A7/C# / G6/D / B7/D# / 
E7(9) / D7(9) / G7/4(9/13) / G7(b9/13) /
C6 / A7/C# / G6/D / B7/D# / E7(9) / 
D7(9) /

G6    G#º        Dm6/F  B7/F#         C7M        
  Se acaso me quiseres  Sou  dessas mulheres 
      A7/C#      G6/D  B7  Em7
  Que só   dizem sim
    Em/G  Db7(9)  C6/9     A7/C#   Bm7(b5) E7(b9)
Por uma   coisa à toa  Uma noitada boa            
      Am7          D7(9)
  Um cinema, um botequim

G6   G#º        Dm6/F
  E, se tiveres renda  
   B7/F#     C7M        A7/C#         G6/D  B7  Em7
  Aceito uma prenda Qualquer coisa assim
  Em/G    Db7(9)  C6/9     A7/C#    Bm7(b5) E7(b9)
Como  uma pedra   falsa Um sonho de valsa          
            Am7        D7(9)
     Ou um corte de cetim

F#m7(b5)          B7(b9)      Em7(9)  Em/D
        E eu te farei   as vontades       
                C7M   D7(9)         G7M  G6
Direi meias verdades Sempre à meia luz
B7       B7/D#    Em7(9)      F#7/C#           
  E te farei,  vaidoso, supor       
            F#7   B7M       D7(9)
  Que és o maior e que me possuis
G6    G#º        Dm6/F
  Mas na manhã seguinte 
      B7/F#     C7M       A7/C#    G6/D  B7  Em7
  Não conta até vinte Te afasta de mim
     Em/G    Db7(9)  C6/9    A7/C#    Bm7(b5) E7(b9)
Pois já  não vales   nada És página virada           
       Am7        D7(9)     Dm7(9)
Descartada do meu     folhetim

Nenhum comentário: