quinta-feira, 23 de novembro de 2006

Caras como eu

Titãs
Tom: C
Intr.: (C7 C6) C7 F C
 C          G
Caras como eu
F Am
Estao ficando raros
F Am
Como cabelos ralos
G F
Que se batem e caem
C G
pelo chao
C G
Caras como eu
F Am
Estao tirando o pe
F Am
Andando em marcha-re
G F
Com medo de entrar na
C G
contramao
D C F
Como trens do interior
C
Que nao chegam no
G
horario
D C F
Como velhos elefantes
C G
Que morrem solitarios
C G
Caras como eu
F Am
Estao ficando chatos
F Am
Como solas de sapatos
G
Que se gastam
Dm G C G
Com o passar do tempo
 <--Refrao
 F                    Am
Nao vou mais medir o tempo
F C
Nao vou mais contar as horas
F Am
Vou me entregar no momento
G Dm
Nao vou mais tentar matar
C
o tempo
 Solo (C7 C6) C7 F C
 D                C    
Como palavras de amor
F Am
Que nao se guardam em
G
disquetes
D C
Como segredos sem valor
F C G
Que a gente nunca esquece
C G
Caras como eu
F Am
Estao ficando velhos
F Am
Calcando os seus chinelos
G Dm G
Concluindo que nao ha
C G
mais tempo
 Repete Refrao 3 vezes
 Solo: (C7 C6) C7 F C
Postar um comentário