terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Miserê

Em Miserê, Freitinhas fez um jogo com a palavra miséria e a frase "Miserere nobis" (tende piedade de nós), entoada pelo padre na missa. Dá a entender que, ao pobre, resta crer em Deus e esperar Dele a piedade. Além disso, a canção faz menção a religiosidade plural do brasileiro que crê nas entidades de religiões diversas.

O sincretismo pode ser interpretado como uma consequência da miséria – embora, como é sabido, tenha origem muito antes, na mistura das culturas jesuíticas, indígenas e africanas. O carioca, ao se ver miserável, apela para todas as religiões (fonte: Crônicas musicadas de uma cidade - representações do Rio de Janeiro).  

Miserê (samba, 1924) - Freitinhas

O padre diz miserê
Meserere nobis
Miserê

Fui na igreja
E rezei com muita fé
No espiritismo
Eu acredito em Pai André

Na lei da Bíblia
Eu cantei com muita fé
Fui na macumba
Mas adotei o candomblé
Postar um comentário