domingo, 26 de março de 2006

Maitaca

Maitaca (1927) - Sinhô - Interpretação: Carlos Serra


Era u'maitaca / Que ao ouvir a voz
Me sempre gritava / Quando chegava entre nós

Como sei / Quem espalhou
Essa coisa de dor / Que entre nós se passou

Eu não sei como foi / Assim tão veloz
Que já descobriram / Todo o segredo entre nós

Nenhum comentário: