domingo, 26 de março de 2006

Que vale a nota sem o carinho da mulher?

Que vale a nota sem o carinho da mulher? (samba, 1928) - Sinhô - Disco 78 rpm - Mário Reis (Intérprete) - Imprenta [S.l.]: Odeon, 1960 - Nº Álbum 14662 - Gênero musical: Samba -

Amor! Amor!
Não é para quem quer
De que vale a nota, meu bem
Sem o puro carinho da mulher?
(Quando ela quer)

Por isso mesmo
Que às vezes numa orgia
Um terno riso eu peço emprestado
E faço o palhaço na vida, meu bem
Com o meu coração magoado

E quantas vezes
Eu imploro um só beijinho
De um coração que seja companheiro
Para ter a certeza que o carinho, meu bem
É bem puro e bem verdadeiro

Nenhum comentário: