quinta-feira, 27 de abril de 2006

Camisa amarela

Tal como "Camisa listrada", "Camisa Amarela" é uma curiosa crônica de um episódio carnavalesco carioca. Na letra, uma das melhores de Ary Barroso, a protagonista narra as proezas do amante folião, que volta sempre aos seus braços, "passada a brincadeira". Procurando dar uma impressão de realidade à história, Ari chega a localizá-la no tempo e no espaço, com a citação de músicas do carnaval de 39 - "Florisbela" e "A jardineira" - e lugares do Rio - o Largo da Lapa, a Avenida (Rio Branco) e a Galeria (Cruzeiro).

Entregue no disco de estreia à sua intérprete ideal, Araci de Almeida, "Camisa Amarela" tem ainda uma gravação notável do próprio Ary Barroso, cantando e se acompanhando ao piano, em 1956.

Camisa Amarela (samba, 1939) - Ary Barroso

Disco 78 rpm / Título da música: Camisa amarela / Autoria: Barroso, Ary (Compositor) / Almeida, Araci de, 1914-1988 (Intérprete) / Conjunto Regional RCA Victor (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Victor, 1939 / Nº Álbum 34445 / Gênero musical: Samba

C7+                        Am7         Eb0         Dm7     
Encontrei o meu pedaço na avenida / De camisa amarela
                G7                            C7+  Am7  Dm7  G7
Cantando a Florisbela       /       A Florisbela
         C7+             Am7        D7      G
Convidei-o a voltar pra casa em minha companhia
      Ab0                 Am7
Exibiu-me um sorriso de ironia
             D7                 Dm7  G7
E desapareceu no turbilhão da galeria
       Gm7         C7              Gm7
Não estava nada bom o meu pedaço na verdade
        C7       F7+
Estava bem mamado /  Bem chumbado, atravessado
Em7/5+           A7                     D7
Foi por aí cambaleando/ Se acabando num cordão
                                  Eb0
Com o réco-réco  na mão /         Mais tarde
                     C7+                 A7/5+
O encontrei num café zurrapa /   No Largo da Lapa
        D7/9                   Dm7  G7         C7+ 
Folião de raça / Bebendo o quinto copo de cachaça
           G7/5+
     (isso não é chalaça)

   C7+                     Am7       Eb0            Dm7 
Voltou às sete horas da manhã/Mas só na quarta feira
        G7                                C7+   Am7 Dm7 G7     
Cantando a Jardineira oi /        A Jardineira
     C7+                           Am7             D7    G
Me pediu um ainda às onze / Um copo d”água com bicarbonato
         Ab0               Am7
Meu pedaço estava ruim de fato
             D7                   Dm7  G7
Pois caiu na cama e não tirou nem o sapato

Gm7                   C7                Gm7
Roncou uma semana / Despertou mal humorado
  C7              F7+
Quis brigar comigo / Que perigo / Mas não ligo
Em7/5+           A7                         D7
Meu pedaço me domina / Me fascina / Ele é o tal
                            Eb0                       C7+
Por isso não levo a mal / Pegou a camisa/ A camisa amarela
         A7/5+                       D7
Botou fogo nela/      Gosto dele assim
            G7                       C7+            G7/5+
Passou a brincadeira  / E ele é pra mim.(Meu Senhor do Bonfim)
Postar um comentário